Arujá lança programa para regularização de imóveis

Cerca de 50% dos imóveis da cidade estão irregulares. Os moradores interessados terão 180 dias para aderir ao benefício.

Um programa da Prefeitura de Arujá permite a regularização de imóveis. Os moradores interessados terão 180 dias para aderir ao benefício.

Cerca de 50% dos imóveis da cidade estão irregulares. Segundo o diretor do setor de análise de projetos da Secretaria de Planejamento Eduardo Velasco, o número pode estar associado ao dinamismo do processo de regularização. “Muitas vezes, o próprio morador acaba fazendo a construção, e depois da obra estar pronta, ele não consegue regularizar, porque não tem nenhum documento ou alvará de projeto”, explica.

Ainda de acordo com Eduardo Velasco a regularização do imóvel é importante para conseguir realizar vendas. “Se o morador quiser fazer a venda do imóvel, é necessário estar regularizado”, ressalta.

A primeira etapa da regularização deve ser realizada on-line por um engenheiro ou arquiteto. “O morador terá que procurar um profissional habilitado, que fará um cadastro na internet para dar entrada no projeto”, explica Eduardo Velasco.

Para começar uma obra de construção, é indicado os moradores procurarem um profissional técnico para dar entrada na documentação. “Se o morador começar as obras sem o alvará de construção, ele estará irregular”, conta o diretor do setor de análise de projetos da secretaria de planejamento.

A regularização pode ser realizada até fevereiro. Mais informações podem ser encontradas no site da Prefeitura de Arujá.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário