Arujá tem kit intubação para mais cinco dias

Em Poá, medicamentos estão para sete dias.

A situação do estoque de medicamentos para intubação é preocupante em Arujá, onde há quantidade suficiente para cinco dias.

De acordo com o Instituto de Tecnologia e Desenvolvimento da Medicina (ITDM), que gerencia os Pronto Atendimentos do Barreto e do Centro, dois medicamentos necessários para intubação não estão sendo encontrados no mercado por causa da alta demanda.

O instituto afirmou que eles estão sendo substituídos. Novos pedidos estão em andamento.

De acordo com o ITDM, como caiu o número de pacientes intubados, os medicamentos estão ficando mais tempo nos estoques.

Em Poá, a prefeitura disse que até na manhã desta quinta-feira tinha estoque para sete dias, mas fez trocas de itens com outros hospitais e emprestou sedativo para intubação, o que deve permitir que o estoque disponível dure mais 20 dias.

Os medicamentos do chamado kit intubação são alvo de embates entre as gestões estadual e federal. O Ministério da Saúde cobrou que os estados busquem comprar esses itens por conta própria. Já o estado afirma que o governo federal requisitou 100% dos medicamentos do kit intubação feitos no Brasil e, por isso, é responsável pela distribuição.

Para evitar o colapso, o governo do estado diz que tem feito realocamentos entre hospitais e municípios e tenta fazer uma compra internacional.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.