Prefeitura de Arujá regulamenta serviços de atendimento e entrega dos comércios durante a pandemia

Resolução permite, por exemplo, o funcionamento interno dos estabelecimentos, transações por atendimento virtual e entregas por drive thru, delivery ou pela retirada do cliente.

A Prefeitura de Arujá publicou uma resolução regulamentando os serviços de atendimento e entrega de mercadorias a todos os estabelecimentos comerciais do município. O objetivo é promover o desenvolvimento e amenizar os impactos da crise provocada pelo novo coronavírus.

A resolução autoriza lojas e prestadores de serviços a desenvolverem suas atividades de maneira interna. As transações comerciais com os clientes podem ocorrer por atendimento virtual e as entregas podem ser feitas pelos sistemas de drive thru (entrega no carro), delivery (entrega em casa) e takeaway (retirada da mercadoria).

As atividades deverão obedecer às regras e medidas de cuidado para evitar os riscos de contaminação do novo coronavírus. De acordo com a Prefeitura, poderá ocorrer interdição dos estabelecimentos, caso eles descumpram as medidas de segurança. A fiscalização das atividades vai ser feita por fiscais da Prefeitura, com o apoio da Guarda Civil Municipal e da Vigilância Sanitária.

“É essencial esclarecer que não se trata de flexibilização, mas da regulamentação de medidas que visam apoiar o comércio local para que possa desenvolver suas atividades dentro do que a lei permite. Continua proibido o acesso do cliente ao interior do estabelecimento em qualquer hipótese”, disse o presidente do Comitê Administrativo Extraordinário da Covid-19, Juvenal Penteado.

As normas previstas na regulamentação das atividades comerciais podem ser vistas na resolução nº 11 da edição 219 do Diário Oficial Eletrônico, publicada no site da Prefeitura de Arujá.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário