Ferraz de Vasconcelos registra primeiro caso confirmado de coronavírus no Alto Tietê, diz Prefeitura

Vigilância Epidemiológica do município e hospital de Suzano confirmaram o diagnóstico da doença da paciente. Caso ainda não entrou nas listas divulgadas pelo Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual, porque relação é atualizada somente no final da tarde.

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos informou na tarde desta quarta-feira (11) que registrou o primeiro caso confirmado do novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Este é também o primeiro da região do Alto Tietê, que acompanha atualmente 11 casos suspeitos.

Caso ainda não entrou nas listas do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, porque relações são atualizadas somente no final da tarde.

A Organização Mundial de Saúde declarou nesta quarta que passou a tratar o Covid-19 uma pandemia.

A Vigilância Epidemiológica da cidade informou que a notificação é referente uma mulher, de 33 anos, moradora da Vila Solar. A paciente trabalha em um hospital da capital e teve contato com um caso suspeito do vírus. Ela não viajou para fora do país, segundo a prefeitura.

Ainda segundo a nota divulgada pelo município, a moradora começou a se sentir mal no começo desta semana e procurou o hospital no qual trabalha, onde um resultado preliminar deu como negativo para Covid-19.

Com a insistência dos sintomas, a mulher procurou outro hospital, desta vez na cidade de Suzano, onde foi realizado mais um exame. Logo após, ela foi por conta própria para outro hospital da rede que trabalha e na manhã desta quarta o caso foi confirmado.

A Secretaria de Saúde de Ferraz informou que ficará em investigação e está acompanhando todo o caso, desde o isolamento até quais outros procedimentos serão necessários para inibir o contágio para outras pessoas. A prefeitura tranquilizou os moradores, mas ressaltou a importância dos cuidados básicas, como lavar as mãos, tossir e colocar o braço em frente a boca, utilizar álcool em gel, e outras práticas neste sentido.

Em nota, o Hospital Santa Maria, de Suzano, informou que a paciente, de 33 anos, buscou atendimento na unidade, apresentando febre e problemas pulmonares. As amostras de material foram colhidas na segunda-feira (9) e encaminhadas ao Laboratório Einstein, que confirmou o diagnóstico.

O hospital destacou que mantém protocolos de higienização hospitalar à risca, diante do coronavírus e demais doenças virais.

A paciente reside em Ferraz de Vasconcelos e não ficou internada no Santa Maria. Segundo o hospital, ela se recupera em um hospital da capital, por questões burocráticas de planos de saúde.

Região

Além do primeiro caso confirmado em Ferraz, o Alto Tietê espera pelo resultado de exames realizados em 11 pacientes com suspeita da doença, um deles em Ferraz.

Dois deles em Poá, onde segundo a Prefeitura, um dos pacientes buscou atendimento no Hospital Ipiranga, em Mogi das Cruzes. A notificação dele ocorreu nesta segunda-feira (9). Ele apresentou febre e queixas de problemas respiratórios e alega ter tido contato com pessoas com suspeita de Covid-19.

Já o outro caso foi registrado pelo Hospital Geral de Guarulhos, na sexta-feira (6), e também apresentou febre e queixas de problemas respiratórios, mas tem histórico de viagem internacional para vários países, entre eles EUA e Itália.

Em Mogi das Cruzes há quatro também esperando o resultado de exames. Um casal que viajou por vários lugares da Europa entre 18 de fevereiro e 6 de março e apresentou sintomas respiratórios e febre e está em monitoramento com orientação para isolamento domiciliar.

O terceiro caso em análise é de uma mulher de 31 anos que retornou na semana passada de viagem para Portugal e Espanha. Ela está bem e em isolamento domiciliar. O quarto caso é o mais recente e trata-se de uma mulher, de 53 anos, e viajou à Espanha. Ela procurou atendimento no hospital Luzia de Pinho Melo, e está em quarentena.

Na região, há ainda um caso suspeito em análise em Suzano, de uma mulher de 25 anos que veio da Itália. Ela está em isolamento domiciliar, aguardando a chegada do resultado do exame feito pelo Instituto Adolfo Lutz.

A Secretaria de Saúde de Itaquaquecetuba registrou três casos suspeitos de coronavírus. O município ainda aguarda o resultado dos exames. Os casos são de pessoas que tiveram contato com estrangeiros ou pessoas contaminadas.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário