Polícia Militar prende duas mulheres com R$ 2,7 mil em notas falsificadas em Guararema

Suspeitas tentavam comprar sorvete com uma nota de R$ 100 falsificada. Segundo a polícia, as duas já tinham aplicado o mesmo golpe em uma loja da cidade no dia 2 de outubro.

Depois de pagar um sorvete com uma nota falsificada de R$ 100, duas mulheres foram presas em Guararema nesta terça-feira (8). Com as suspeitas a Polícia Militar apreendeu 27 cédulas falsas de R$ 100.

A polícia informou ainda que elas já tinham agido no município no dia 2 de outubro. Na ocasião, após a denúncia do comerciante ao Centro de Segurança Integrada (CSI), a placa do carro foi identificada, possibilitando a prisão nesta terça-feira.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 15h30, duas mulheres, uma de 26 anos e outra de 30 anos, estiveram em uma sorveteria no Centro de Guararema na tarde de terça-feira.

Segundo a polícia, nesta terça, elas pegaram sorvetes e, ao pagar, deram uma cédula de R$ 100. A funcionária do comércio desconfiou que a cédula pudesse ser falsificada e chamou a dona da sorveteria.

Ao serem questionadas, as mulheres afirmaram que haviam sacado o dinheiro no banco e não poderiam ficar no prejuízo. Então, deixaram o sorvete no balcão e saíram do estabelecimento, levando a nota de R$ 100.

A PM informou que, por já ter a identificação do carro, localizou o veículo. Segundo os policiais, uma das mulheres estava com uma cédula no bolso e outras 26 notas de R$ 100 falsificadas foram encontradas no carro.

A repetição das numerações de série e o fato de apresentarem o mesmo aspecto levou os policiais a concluírem que as cédulas eram falsificadas. Elas foram apreendidas e as mulheres foram levadas até a delegacia.

De acordo com a polícia, elas confessaram que as notas eram falsificadas e que pretendiam dividir o troco que receberiam na sorveteria.

As suspeitas disseram ainda que na semana passada estiveram na cidade e que fizeram uma compra em uma loja de brinquedo e dividiram o troco.

Uma das mulheres disse que recebeu R$ 3 mil em cédulas de R$ 100, referentes a uma venda de roupas que fez para uma pessoa que não soube identificar.

Ela disse que, depois disso, descobriu que as notas eram falsificadas e decidiu fazer compras em comércios, porque não queria ficar no prejuízo.

O caso foi registrado como crime de “moeda falsa” na delegacia da cidade. As suspeitas ficaram presas e foram encaminhadas para a cadeia de Poá.

As notas foram apreendidas e encaminhadas para a perícia.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.