Menina de 17 anos sofre abuso sexual em viela no bairro dos Pimentas

Casado e com filhos, homem fingiu ser namorado da menor e roubou seu telefone antes de cometer o ato

Uma menina de 17 anos saiu para trabalhar e, quando estava chegando no ponto de ônibus, foi rendida por um homem armado e abusada sexualmente. O caso aconteceu no último dia 17, na viela Agrolândia, travessa da rua Poço Redondo, no Jardim Santa Maria, região que divide os bairros de Pimentas e Cumbica.

Segundo a vítima, o homem a obrigou a dar um abraço para fingir que eram namorados, tomou seu celular para que ela não chamasse a polícia, e a abusou sexualmente. 

Câmeras de segurança flagraram o homem passando na rua com uma latinha de cerveja na mão por volta das 5h daquele dia. A descrição da vítima bate com as imagens analisadas pela polícia. Às 5h42, após o abuso, ele foi novamente visto correndo pela via.

O homem observado nas câmeras é morador do bairro e já tem passagem por roubo, mas foi liberado no último mês de agosto. Casado e com filhos, ele fugiu do bairro e é procurado pelas autoridades. Ele ainda levou o celular da menina.

A vítima, que trabalhava como jovem aprendiz no Centro de Guarulhos e tem o sonho de trabalhar com cosmética, está traumatizada, foi afastada das atividades e passará por sessões com psicólogos. Ela também foi submetida ao uso do medicamento Coquetel, para evitar gravidez e doenças sexualmente transmissíveis.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário