Volta às aulas em Guarulhos é adiada por mais um mês

Prefeito Guti anunciou que vai renovar o decreto que suspende as aulas nas redes municipal, estadual e privada

Em transmissão ao vivo na tarde desta terça-feira, 29/9, o prefeito Guti anunciou que vai renovar o decreto que suspende as aulas nas redes municipal, estadual e privada. A decisão vale por 30 dias, mas pode ser revogada a qualquer instante conforme avaliação da administração.

Guti avaliou que o retorno das aulas ainda não é seguro neste momento. “A gente está prorrogando o decreto por mais 30 dias. Ou seja, continua tudo da forma que está. Não temos a segurança necessária para a retomada educacional. Por enquanto, a priori, continua do jeito que está. Pode ser revogado a qualquer momento. A gente vai agir por excesso de cautela e não omissão de cautela”, declarou Guti.

“Se os números melhorarem vertiginosamente e a vacina chegar antes do tempo, a gente pode rever esse decreto. A gente quer a retomada, mas não nesse momento”, completou o prefeito.

No dia 18, o governador João Doria autorizou a retomada do ensino a partir de 7 de outubro em cidades que permanecem há mais de 28 dias na fase amarela do Plano SP – caso de Guarulhos. Entretanto, a decisão precisaria do aval das prefeituras para que, de fato, os estudantes voltassem às escolas, o que não ocorreu em Guarulhos, ao menos por enquanto.

Servidores do grupo de risco continuam afastados

O decreto que afasta servidores municipais pertencentes ao grupo de risco também foi renovado. Ou seja, pessoas com hipertensão, diabetes, reumatismo, câncer, doenças pulmonares e crônicas ou acima de 60 anos continuam afastadas da Prefeitura, exceção feita às secretarias de Saúde, Assistência Social e à Defesa Civil.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário