Suspeito de sequestrar taxista é morto em confronto com a Rota em Itaquaquecetuba, diz polícia

Vítima foi encontrada amarrada e encapuzada no banco de trás de carro. Segundo a polícia, suspeito foi baleado em passarela depois de atirar contra policiais ao fugir de abordagem.

Um suspeito de sequestrar um taxista, de 45 anos, em Guarulhos foi morto durante confronto com uma equipe da Rota em Itaquaquecetuba por volta das 18h30 desta quarta-feira (21).

De acordo com o boletim de ocorrência, dois suspeitos do crime foram localizados por uma equipe da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), grupo de elite da Polícia Militar do Estado de São Paulo, em uma passarela perto de onde o táxi da vítima estava estacionado. Segundo o boletim de ocorrência, durante a fuga eles atiraram contra os policiais. Um deles escapou, outro foi baleado e morreu.

O taxista foi encontrado no banco de trás do carro, que estava parado perto da passarela. A vítima estava com as mãos amarradas com um carregador e a cabeça coberta com uma camisa.

O boletim de ocorrência foi registrado na delegacia de Itaquaquecetuba como roubo de veículo quando se mantém vítima em seu poder, restringindo sua liberdade, morte decorrente de intervenção policial, tentativa de homicídio, excludente de ilicitude por legítima defesa e localização, apreensão e entrega de veículo.

Na delegacia, os policiais militares integrantes da equipe da Rota contaram que receberam uma denúncia de que dois homens estariam retirando o estepe de um carro na Rua Joaquim Monteiro Diogo. Eles relataram que, ao chegar ao local, viram o carro e também dois homens que estavam na passarela e correspondiam as características dos suspeitos passadas na denúncia.

Os policiais afirmaram que decidiram acompanhar os suspeitos e deram ordem de parada, porém eles fugiram subindo a passarela.

De acordo com o relato dos policiais, um dos suspeitos atirou na direção da equipe da PM. Dois policiais revidaram e dispararam atingindo o suspeito. Em revista, os policiais contaram terem encontrado um revólver calibre 38 carregado e com a numeração suprimida e também um relógio.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência socorreram o suspeito e constataram a morte dele. No boletim de ocorrência consta que o homem foi baleado com três tiros na região do tórax e um no rosto.

De acordo com os policiais, ao retornarem para o táxi parado perto da passarela encontraram o taxista no banco de trás. A vítima contou à polícia que por volta das 17h foi abordada por dois criminosos armados com um revólver perto do aeroporto de Guarulhos. Em seguida, foi amarrado, encapuzado e levado para Itaquaquecetuba.

Ainda segundo a vítima, os criminosos roubaram um relógio dele e uma carteira com dinheiro e documentos.

De acordo com a polícia, o taxista reconheceu o suspeito morto como o homem que o abordou, reconhecendo ainda a arma do crime e o relógio que roubaram dele.

Na delegacia, os policiais da Rota foram questionados sobre o confronto com o suspeito na passarela. Os policiais informaram que, devido aos disparos do suspeito, não viram outra alternativa a não ser revidar para se defenderem da agressão. Sobre a região do corpo em que o suspeito foi atingido, os policiais declararam que nas circunstâncias da abordagem e no tempo de reação não tiveram alternativa senão efetuar o disparo na única posição que possuíam.

A polícia requisitou exame necroscópico e de identificação do suspeito que morreu no local. Também foi solicitada uma perícia.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.