Fila e falta de doses marcam primeiro dia de vacinação contra Covid-19, de idosos com 85 anos mais em Mogi

Família percorreu postos e não encontrou doses em algumas unidades. Prefeitura informou que um reabastecimento foi feito durante a manhã.

O primeiro dia de vacinação dos idosos com 85 anos mais contra a Covid-19, em Mogi das Cruzes teve fila e falta de doses em algumas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Mas a advogada Márcia Godinho levou o pai em três postos na cidade e não encontrou doses. Ela foi nas UBSs da Vila Industrial, César de Sousa e Jardim Maricá. “Eles falam que estão privilegiando os profissionais de saúde. No Jardim Maricá a funcionária disse que tinha pouquíssimas doses e que tinham acabado. E tinha três idosos lá esperando. E que, talvez, chegassem outras doses hoje a tarde. No posto da Vila Industrial fomos orientados a aguardar o drive thru”, explica a advogada.

Depois ela seguiu para a UBS da Vila Natal onde o pai foi imunizado. Márcia diz que fez o pré-cadastro do governo do Estado, mas foi necessário um outro cadastro na UBS. O movimento na unidade foi intenso. “Tivemos um bom atendimento no local. E os carros que formavam fila na frente da UBS depois puderam seguir para o estacionamento que fica atrás do prédio.”

A reportagem da TV Diário esteve também nas UBS do Alto do Ipiranga onde as doses estavam sendo aplicadas nos idosos. Na unidade também tinha fila para a vacinação.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que até terça-feira (9), foram vacinados 829 idosos e 9.383 trabalhadores da saúde, totalizando 10.212 pessoas imunizadas contra a Covid-19.

A Prefeitura afirmou que um reabastecimento foi feito durante a manhã. E que as UBSs da Vila Industrial e Vila Suíssa já receberam novos estoques e já estão vacinando idosos pela manhã.

O Jardim Maricá, Vila Suíssa e todas as unidades estão recebendo mais doses hoje. O drive-thru será mais uma opção. A Prefeitura destacou que “todos os Postos de Saúde têm doses para pessoas acima de 85 anos. O que houve foi uma procura logo pela manhã, quando também estava em andamento o reabastecimento em atenção à nova demanda. Mas já está sendo tudo normalizado.”

Sobre o pré-cadastro disponibilizado pelo Governo do Estado no link VacinaJá, a Prefeitura destacou que ele não tem todas as informações que o cadastro nacional exige. Então os dois são necessários. Mas ressaltou que o pré-cadastro facilita muito porque com a exportação dos dados reduz o tempo de digitação.

Já sobre a informação da Vila Industrial que estava privilegiando profissionais de saúde, a Prefeitura informou que não procede. E completou que a unidade não é referência para atendimento aos trabalhadores da saúde.

Segundo a Prefeitura, apenas duas unidades estão atendendo profissionais de saúde (Alto Ipiranga e Vila Natal) e de forma escalonada:

  • 10/2: trabalhadores com 60 anos ou mais
  • 11/2: trabalhadores com 55 anos ou mais
  • 12/2: trabalhadores com 50 anos ou mais

A Prefeitura de Mogi das Cruzes ressaltou que nestes casos, a aplicação fluirá enquanto houver estoque. O limite é de mil doses a 500 doses para cada unidade.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário