Câmara de Mogi das Cruzes aprova doação de área para o Sesc

Imóvel onde funciona o Centro Esportivo do Socorro vai abrigar entidade.

A Câmara de Mogi das Cruzes aprovou a doação da área do Centro Esportivo do Socorro para a instalação de uma unidade do Serviço Social do Comércio (Sesc ) na cidade. O imóvel tem uma área total de 27.288 metros quadrados.

O único voto contrário para a doação foi do vereador Iduigues Martins (PT). A votação foi na sessão de quarta-feira (10).

De acordo com o projeto de lei, o Sesc terá 18 meses contados a partir da entrega do imóvel para o início das atividades de ocupação e mais três anos para a apresentação do projeto arquitetônico referente à instalação da unidade de serviço. E também um prazo de cinco anos após aprovação do projeto pela Prefeitura para sua edificação.

O Sesc poderá perder a doação do imóvel caso não cumpra as exigências e prazos previstos no projeto.

Próximas Etapas

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que o próximo passo é fazer a assinatura da doação da área, para que ela passe efetivamente a pertencer ao Sesc.

Segundo a Prefeitura, a partir desse momento, questões de prazos dependerão do próprio Sesc, com seu cronograma de implantação. Se não houver empecilhos no processo de doação, a expectativa da Prefeitura é ter a unidade provisória funcionando no segundo semestre de 2020.

De acordo com a Prefeitura, a construção da unidade fixa é um projeto de médio prazo. Isso porque o Sesc tem um metodologia própria para a construção das suas unidades, que envolve uma série de etapas.

O projeto arquitetônico do prédio, por exemplo, é selecionado por meio de um concurso nacional.

A Prefeitura informou ainda que as atividades no Centro Esportivo do Socorro serão mantidas até o início da ocupação do local pelo Sesc.

As atividades esportivas gratuitas hoje desenvolvidas no local serão transferidas para outros espaços municipais

Histórico da Doação

A aprovação da doação de área para o Sesc é mais uma etapa da instalação da entidade na cidade.

Em 2018, a Câmara de Mogi aprovou o Projeto de Lei 151/2017, que autorizava a Prefeitura a ceder, por meio de concessão por 99 anos, o imóvel e as dependências do Centro Esportivo do Socorro ao Serviço Social do Comércio (Sesc) para a implantação de um Centro Cultural e Desportivo.

Mas, depois de uma ação ajuizada pelo Procurador Geral de Justiça do Estado, a Lei Municipal foi considerada inconstitucional. Para que o Sesc pudesse se instalar era preciso a doação da área.

Para isso acontecer uma audiência foi realizada em julho desse ano. O objetivo era ouvir a sociedade civil sobre a instalação do Sesc na cidade.

Durante o encontro também foi feita uma votação que resultou em 336 votos favoráveis à doação, 27 contra, 4 abstenções e 3 votos nulos.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.