Escolas particulares de Mogi retomam aulas presenciais com turmas do ensino fundamental

Cronograma elaborado pela Prefeitura prevê para esta semana o retorno das aulas presenciais para alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, nas redes estadual e particular.

Algumas escolas particulares de Mogi das Cruzes voltaram a receber alunos do ensino fundamental de maneira presencial nesta semana, seguindo o cronograma de retomada divulgado pela Prefeitura na última sexta-feira (30).

O planejamento no município tem sido feito por fases e de forma gradativa. A etapa que começou nesta segunda-feira (3) prevê o retorno das aulas presenciais para as turmas do 1º ao 5º ano dos ensinos fundamental de escolas estaduais e particulares.

A reportagem da TV Diário esteve em uma escola particular da Vila Oliveira, onde as aulas presenciais do 1º ao 5º ano foram retomadas na segunda. As aulas do ensino infantil haviam voltado no dia 18 de abril.

O colégio segue diversos protocolos sanitários, como higienização de mãos e pés na chegada dos alunos, aferição de temperatura, capacidade máxima limitada a 35% e distanciamento social.

“É um retorno muito aguardado pelas crianças, pelos pais, pela escola. Nós fizemos o rodízio entre as salas do 1º ao 5º ano, obedecendo ao protocolo de 35% da capacidade. Mas, mesmo fazendo o rodízio e tendo essa disponibilidade, alguns pais ainda não enviaram as crianças para a escola”, disse a diretora Elaine Cristina de Siqueira.

“Desde fevereiro, quando teve início o retorno, nós já estávamos preparados, cumprindo todos os protocolos da Vigilância Sanitária, de acordo com a Diretoria de Ensino. Tudo o que foi pedido nós cumprimos”, completou.

Já na rede estadual, apesar da autorização, a previsão da Diretoria Regional de Ensino é que as turmas do 1º ao 5º ano só retornem para as aulas presenciais na próxima semana.

“Mogi das Cruzes, junto com o Estado, compartilha do 1º ao 5º ano. Só que nós estamos em uma etapa praticamente de finalização e entrega para o município, então nós só temos 20 turmas do 1º ao 5º ano. Essas 20 turmas estão divididas em quatro escolas, então a gente tem uma escola, por exemplo, que tem uma única turma de 5º ano, tem uma outra com duas turmas, e as outras duas escolas têm uma divisão de turmas. Esse retorno desta semana não impacta a rede estadual. Vai impactar nossa rede só na semana que vem, porque aí voltamos com ensino fundamental e médio”, falou a diretora regional de ensino de Mogi, Estela Cruz.

Segundo a diretora, o retorno não foi possível na segunda-feira (4) principalmente por causa de contratos de serviços terceirizados dos quais as escolas dependem, uma vez que o decreto foi publicado na sexta-feira.

“O que a gente tem neste momento: retomada de contratos de transporte, alimentação, cuidador, transporte especial, porque todos esses contratos estavam suspensos. Então as empresas ficaram sabendo nesta segunda-feira pela manhã que esses contratos deveriam ser retomados. Tem um prazo legal para essas empresas se manifestarem e disponibilizarem os recursos que estão contratados”, afirma.

“Mas nós entendemos que segunda-feira vamos estar com tudo pronto para o retorno. E ela pode atender antes. Essas quatro escolas, por exemplo, três delas a gente tem serviço contratado. Esta segunda-feira foi de mandar e-mail, convocar. A partir de terça, começamos os contatos para ver a possibilidade de eles retornarem antes desse prazo de cinco dias”.

Segundo a diretora, neste retorno das aulas presenciais, serão priorizados alunos que têm algum tipo de dificuldade referente ao ensino remoto.

“Vamos atender os estudantes que mais precisam. Essa é a notícia que temos que dar para a população. São aqueles que não têm acesso à internet, que não têm material tecnológico, que têm dificuldades de aprendizagem, que estão no ciclo de alfabetização, que têm alguma questão de saúde mental e que não estão se adequando ao ensino remoto, além daqueles que são filhos de funcionários que estão na linha de frente da Covid-19”.

A diretora de ensino disse ainda que o planejamento da volta às aulas após o decreto municipal foi afinado em uma reunião de trabalho nesta segunda-feira.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.