Festas em caixas personalizadas para comemorações à distância são alternativas durante a pandemia em Mogi

Como não é possível convidar amigos e familiares para aniversários, batizados e outros eventos, as pessoas têm apelado para a tecnologia.

As comemorações de aniversários, batizados e outros eventos ficou mais difícil por causa da pandemia do novo coronavírus. Famílias têm recorrido a festas em caixas personalizadas para celebrar à distância em Mogi das Cruzes.

Uma empresa da cidade decidiu inovar para conseguir se manter atuante neste mercado. A festa temática agora é colocada dentro de uma caixa, com frios, salgados, doces, bebidas e o tradicional bolo de aniversário, todo decorado.

Antes, oateliê fazia eventos para até 300 convidados. Agora as festas são feitas para clientes confinados em casa.

“Hoje a gente concentra nesses dois produtos: a festa para o pai e a mãe fazerem em casa e nessa festa que é um presente que a gente leva para a pessoa que está aniversariando. Mas a gente trabalha mais, é desde segunda-feira, mas a gente está se organizando. Estamos gratos por não ter parado, agradecidos por estar conhecendo novas pessoas, pessoas que antes não tinham acesso. A gente tem conhecido pessoas que não viam a possibilidade desse tipo de festa, porque as festas eram maiores, a gente não se mobilizava para festa menor”, diz a decoradora e confeiteira Érica Ferreira Neves.

Cristiane Maria de Oliveira trabalha na empresa há quatro anos como confeiteira de modelagem. Quando os eventos sociais foram cancelados por causa da quarentena, ela ficou preocupada.

“A função de uma festa é juntar pessoas e de repente ter que afastar me deu um pouco de medo. Hoje eu estou um pouco aliviada porque a gente está conseguindo, de outra forma, estar fazendo a alegria das crianças, dos pais, mas a gente está conseguindo trabalhar ainda”, diz a confeiteira.

O kit mais completo tem direito até a decoração. O cliente retira tudo no ateliê, leva no próprio carro e monta em casa.

A professora Juliana Sicchierolli organizou assim a festa do filho de 3 anos. Os convidados vão saborear o mesmo cardápio da família durante uma chamada de vídeo. Por isso ela mandou fazer vários kits que serão entregues nas casas de amigos e parentes.

“Nós vamos convidar os amigos e a família para cantar um parabéns on-line. A gente também não quis deixar eles passarem vontade de ver um bolo, um brigadeiro. Festa de criança tem que ter tudo isso. Então a gente resolveu montar os kits, com um pouquinho de cada coisa que vai ter no aniversário para entregar na casa para eles poderem degustar pra gente”, diz a professora.

A bisavó do aniversariante, a dona de casa Maria José Domingues, está cumprindo o isolamento e recebeu o kit. Aos 77 anos, ela nunca pensou em comemorar o aniversário do único bisneto dessa forma.

“Muito diferente, né? A gente pensava em reunir todo mundo, ver a alegria dele, mas fazer o que, né? A gente está passando por isso e tem que aceitar e dar um jeito de entrar no clima”, diz Maria José.

Toda essa criatividade tem aquecido o setor de decoração e eventos. A especialista na área Andreia Celani tem oferecido inclusive consultorias para os clientes do hotel onde ela trabalha.

“Informar para as pessoas uma maneira bacana e segura para ela conseguir fazer essa festa em casa, até porque hoje as pessoas precisam fazer isso através da internet, porque não pode ter esse contato. Então a gente indica formas digitais onde possam fazer essas reuniões”, explica a especialista em eventos.

Foi justamente em uma dessas plataformas digitais que o pequeno Vicenzo, apaixonado por dinossauros, recebeu o carinho dos convidados.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Gostou?
    Antes de Ir...

    SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS