Guarda municipal é espancado ao dispersar aglomeração em Mogi das Cruzes

Segundo relato de companheira de equipe, vítima continuou a ser agredida mesmo caída no chão e desacordada.

Um guarda municipal, de 56 anos, de Mogi das Cruzes ficou ferido depois de ser atacado durante uma ação para conter uma aglomeração em um parque da cidade na madrugada deste sábado (18). Um atendente de telemarketing, de 20 anos, foi identificado como um dos agressores e foi preso. O caso foi registrado como tentativa de homicídio, resistência, furto e dano.

Uma guarda municipal, de 42 anos, contou à polícia que por volta da 0h30 de sábado foi acionada junto com a vítima com quem trabalhava para prestarem apoio no Parque Botyra Camorim Gatti, onde ocorria uma aglomeração de pessoas.

A guarda afirmou que, ao chegarem ao parque, viram muitas pessoas no local. Ela disse que enquanto passavam de viatura pelo parque, alguém arremessou um objeto contra o vidro traseiro do veículo. A equipe desceu do carro e orientou os presentes a irem embora.

Segundo a guarda, diversas pessoas vieram para cima dela e do colega para agredi-los. Ela relatou que o parceiro de equipe foi agredido com diversos chutes e socos, sendo derrubado no chão. A guarda afirmou que mesmo caído ele continuou a ser agredido na cabeça.

No boletim de ocorrência consta que, com a aproximação de mais guardas, a maioria dos agressores fugiu. Mas, de acordo com a polícia, um atendente de telemarketing continuou dando chutes no rosto do guarda municipal que estava desacordado no chão.

A colega de equipe da vítima disse que para evitar que o guarda continuasse a ser agredido se aproximou do atendente e tentou segurá-lo, mas ele tentou fugir e lhe deu alguns socos. Ela contou ainda que um desconhecido se aproximou e lhe deu outros socos, e assim, o atendente de telemarketing fugiu.

Os guardas municipais fizeram uma busca e encontraram o agressor no Terminal Estudantes. O guarda agredido foi encaminhado para um hospital particular da cidade.

De acordo com o boletim de ocorrência, foram furtados do guarda municipal agredido um spray de pimenta, um bastão e o boné do uniforme. O atendente ficou em silêncio na delegacia. Após o registro do boletim de ocorrência, o rapaz foi encaminhado para a cela, ficando à disposição da Justiça.

A Secretaria Municipal de Segurança informou que, na noite desta sexta-feira (17), a Guarda Municipal e a Polícia Militar realizaram uma operação para evitar aglomerações na região do Centro Cívico e do Parque Botyra Camorim Gatti.

“Durante esta ação, um grupo de jovens depredou uma das viaturas da corporação e agrediu os dois guardas municipais. De imediato, o grupo foi dispersado pela ação de outros guardas e policiais e, com a ajuda do sistema de monitoramento, um dos responsáveis foi identificado, detido e encaminhados para a Central de Flagrantes, no 1° Distrito Policial, permanecendo preso. Um dos guardas municipais agredidos precisou ser socorrido. Ele foi medicado e liberado.” A Prefeitura de Mogi das Cruzes completou que vem prestando todo o apoio ao servidor.

Denúncias sobre aglomerações podem ser feitas pelo 153.

Campeonato de Pipas

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que a Guarda Municipal também conteve uma aglomeração na tarde deste sábado no Parque Olímpico. O público realizada um campeonato de pipas nas proximidades do Ecoponto do bairro. A Guarda Municipal foi acionada e com a chegada das viaturas, as pessoas se dispersaram pacificamente. Não houve confronto.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Gostou?
    Antes de Ir...

    SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS