Mogi vai unir vários departamentos para fiscalizar restrição de circulação de pessoas à noite a partir de sexta para conter coronavírus

O governador João Doria determinou restrições das 23h às 5h em todo o Estado até 14 de março. Mogi vai contar com Guarda Municipal e Departamento de Fiscalização e Posturas, além de Vigilância Sanitária, PM e Procon.

A Guarda Municipal e o Departamento de Fiscalização e Posturas de Mogi das Cruzes vão trabalhar na fiscalização da restrição de circulação de pessoas no município a partir de sexta-feira (26), informou a Prefeitura. Além disso, o governo do Estado já tinha definido que as Vigilâncias Sanitárias, a Polícia Militar e o Procon atuariam para cumprir as determinações.

O governador João Doria determinou a restrição de circulação de pessoas das 23h às 5h em todo o Estado. A regra entra em vigor a partir desta sexta e valerá até 14 de março. O anúncio foi feito pelo governador João Doria na quarta-feira (24), durante coletiva de imprensa que detalhou o andamento do Plano São Paulo.

A região do Alto Tietê continua na Fase Amarela, mas as medidas de restrição devem contribuir para o combate a aglomerações, pancadões e festas clandestinas, que costumam acontecer durante a madrugada. Segundo a Prefeitura de Mogi, um decreto municipal será elaborado depois da publicação do decreto estadual.

A Prefeitura vai seguir as regras estabelecidas pelo Estado com base nas recomendações do Comitê de Contingência e Combate ao Coronavírus.

Segundo a administração municipal, nos últimos finais de semana, a Guarda Municipal, o Departamento de Fiscalização de Posturas, a Polícia Militar e o Departamento Municipal de Vigilância Sanitária já vêm realizando operações conjuntas de fiscalização para combater aglomerações e o desrespeito às normas de restrição sanitária estabelecidas pelo Plano São Paulo. Entre as ações, estão o acompanhamento sobre o funcionamento de bares, restaurantes, tabacarias e adegas, o combate a festas clandestinas e aos chamados pancadões.

Denúncias sobre aglomerações podem ser feitas pelos telefones 190, da Polícia Militar, e 153, da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp), que funciona 24 horas por dia.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.

    Quer receber notificações em sua tela?
    Não
    Permitir Notificações