Projeto de Mogi das Cruzes ensina a pedalar e incentiva o uso da bicicleta como meio de transporte

Projeto de Mogi das Cruzes ensina a pedalar e incentiva o uso da bicicleta como meio de transporte

Iniciativa partiu de professora de educação física e busca trabalhar também a saúde mental das pessoas. Encontros acontecem às quartas-feiras, na avenida Cívica, e são gratuitos.

Um projeto de Mogi das Cruzes ensina as pessoas a pedalar e incentiva o uso da bicicleta como meio de transporte. Os encontros ocorrem uma vez por semana, na avenida Cívica, e são gratuitos para quem quiser participar.

No projeto, o que move cada um é a paixão por pedalar. E não importa a idade ou o tempo de prática em cima da bicicleta: o principal é se movimentar e deixar para trás a tristeza deste período de pandemia.

A dona de casa Maria da Conceição Miranda tem uma relação especial com a bicicleta. Depois de muitos anos, ela voltou a arriscar as pedaladas.

“Desde meus 15 anos, tinha muita vontade de aprender a pedalar. Depois que me casei, eu tentei, mas não consegui. E aí fiquei todo esse tempo. Hoje tenho 58 anos. Agora que estou aprendendo a pedalar”.

Anúncio Patrocinado

O Projeto Pedalar é uma iniciativa da professora de educação física Patrícia Maria da Silva. As aulas acontecem às quartas-feiras, na avenida Cívica, em Mogi, e os alunos não pagam nada para participar.

“A ideia é fazer com que as pessoas usem a bicicleta como meio de transporte. Fazer com que a cidade esteja mais receptiva às bicicletas. Essa é uma política pública que tem sido trabalhada em muitas cidades, até para a gente diminuir o uso do carro e a emissão de gás carbônico”, explicou.

O projeto começou em outubro do ano passado e, nesse tempo, já recebeu cerca de 120 pessoas. Não é preciso ter uma bicicleta para participar. Por lá, eles também emprestam algumas unidades. A professora conta que já recebeu doações de bicicletas para o projeto.

A iniciativa também conta com a ajuda de voluntários, que ficam próximos aos que estão aprendendo a pedalar. “Estamos passando por muitas coisas difíceis. Todos falam da saúde, mas tem a parte mental também. Estamos perdendo muitas coisas, mas a saúde mental, muito mais”, comentou a voluntária Aurea Martins.

Quem quiser participar do projeto, basta comparecer à avenida Cívica, sempre às quartas-feiras à noite. Já quem tiver interesse em ajudar, seja com parceria ou doação de bicicletas, o telefone para mais informações é o (11) 94767-9685.

Deixe seu voto

mood_bad
  • Nenhum comentário.
  • Comentar

    Veja Também

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.

    Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
    Não
    Permitir Notificações