Próximos pagamentos da Lei Aldir Blanc serão feitos no dia 10 de dezembro, em Mogi

Parcela será para os contemplados nos editais 13, 14, 15, 17, 18 e 19, que se referem a espaços e territórios culturais, gravação de CD e trabalhos fonográficos.

A Secretaria de Cultura e Turismo de Mogi das Cruzes divulgou que os próximos pagamentos aos proponentes aprovados nos editais da Lei Aldir Blanc devem ser realizados na quinta-feira (10).

Estão confirmados para a data os pagamentos dos contemplados nos editais 13, 14, 15, 17, 18 e 19 que se referem a espaços e territórios culturais, gravação de CD e trabalhos fonográficos, 10º Prêmio de Fotografia Mogi Revela Especial, Prêmio Mogi das Cruzes de Artes Plásticas, grupos e coletivos culturais e projetos culturais.

Até o momento, já foram liberados os pagamentos dos contemplados nos editais de Reinado de Congo de Mogi das Cruzes e monumentos públicos. Por uma obrigação imposta por legislação federal, os pagamentos a pessoas físicas contempladas pela Lei Aldir Blanc estão sendo feitos com retenção de Imposto de Renda.

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Mateus Sartori, lembra que, desde que a lei foi aprovada, foi montada uma força-tarefa na Secretaria, visando garantir que os recursos federais chegassem às mãos dos artistas e que fossem distribuídos entre o maior número possível de profissionais da arte e cultura. Exatamente por isso, o município optou por abrir editais de premiação, que são bem menos exigentes na parte burocrática, facilitando a participação das pessoas.

Como resultado, Mogi das Cruzes foi contemplada com os recursos federais no valor de R$ 2,7 milhões. Imediatamente, a equipe iniciou uma busca ativa, para garantir que o maior número possível de artistas se inscrevesse.

Após a publicação da fase de habilitação, a equipe fez contato com todos os inabilitados e passou as orientações necessárias para que eles recorressem. E, após a publicação dos resultados finais, a equipe procedeu com nova busca junto aos aprovados, para que eles apresentassem dentro do prazo estipulado toda a documentação necessária.

As liberações de pagamento também estão acontecendo sob a forma de uma força-tarefa, numa parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo e a Secretaria Municipal de Finanças. A Lei Aldir Blanc (14.017, de 29 de junho de 2020) foi criada com o intuito de garantir auxílio emergencial para trabalhadores da cultura e manutenção dos espaços culturais durante o período de pandemia da Covid-19.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Gostou?
    Antes de Ir...

    SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS