Suspeito de atropelar e lançar ajudante a uma distância de 4 metros de propósito é preso em Mogi

Tio contou que homem mexeu com a filha e enteada dele. Sobrinho dele, de 29 anos, chamou atenção e, depois, foi atingido pelo veículo e está em estado grave.

Um homem suspeito de atropelar um ajudante, de 29 anos, em Mogi das Cruzes, foi preso neste domingo. Ele teria atingido a vítima de propósito depois de um desentendimento em uma lanchonete. A vítima foi lançada a uma distância de 4 metros e está em estado grave.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) informou que a equipe de investigação do 1º Distrito Policial identificou o homem, de 34 anos. De acordo com a SSP, ele foi localizado e detido por policiais civis em cumprimento a um mandado de prisão temporária.

O homem foi encaminhado à cadeia de Mogi das Cruzes onde está à disposição da Justiça.

O 1º Distrito Policial de Mogi das Cruzes instaurou inquérito policial para investigação. O caso foi registrado como tentativa de homicídio no 1º Distrito Policial. O jovem foi socorrido e levado para o Hospital Luzia de Pinho Melo.

G1 pediu no domingo (16) para a Secretaria Estadual de Saúde e aguarda informações sobre o estado de saúde do ajudante.

Briga e Atropelamento

De acordo com o boletim de ocorrência, o tio do ajudante, um mecânico de manutenção de 38 anos, contou que eles estavam no sábado em uma lanchonete na Rua Professor Flaviano de Melo, comemorando o aniversário de uma sobrinha.

Por volta das 2h, ele disse que um rapaz mexeu com a filha dele e com a enteada. O sobrinho chamou a atenção do rapaz.

A família seguiu em direção à rua quando encontraram o rapaz que começou uma nova discussão com o ajudante. Segundo o tio, eles começaram a trocar socos, mas foram separados e cada um seguiu um caminho.

O tio afirmou que caminhavam pela rua quando o rapaz que discutiu com o sobrinho apareceu dirigindo um carro na rua e jogou o veículo, atropelando o ajudante. O tio relatou à polícia que o sobrinho foi arremessado a uma distância de aproximadamente 4 metros.

Ele disse que o ajudante teve várias lesões e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Corpo de Bombeiros foram acionados. O ajudante foi encaminhado para o Hospital Luzia de Pinho Melo.

O tio relatou que por causa da gravidade do caso, o sobrinho será submetido a uma cirurgia, porque apresenta um quadro clínico grave.

O tio completou que o rapaz que atropelou o sobrinho fugiu e não foi possível identificá-lo. Na delegacia foi feita uma pesquisa pela placa do carro usado pelo autor do atropelamento.

Uma foto do dono do carro foi apresentada para o tio, que informou que a pessoa é muito semelhante ao motorista, mas não pode afirmar com exatidão se era o condutor do veículo. A polícia pediu exame de corpo de delito da vítima assim que ela se recuperar.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário