Sistema Alto Tietê termina setembro com apenas 59% da chuva esperada para todo o mês

Sistema Alto Tietê termina setembro com apenas 59% da chuva esperada para todo o mês

Média histórica para o mês é de 82,44 milímetros, mas o acumulado durante os 30 dias foi de apenas 57,3 mm.

O nível de chuva acumulado no Sistema Produtor do Alto Tietê (Spat) em setembro foi apenas 59% do esperado para todo o mês.

Os dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) mostram que a pluviometria marcou 57,3 milímetros ao final do mês, enquanto a média histórica é de 82,44 mm.

Setembro foi o quarto mês no ano em que o volume de chuva não ultrapassou o esperado.

Apesar de em dois meses seguidos o nível de chuva ter ficado abaixo do esperado, o Sistema Alto Tietê fechou setembro operando com 87,2% da capacidade total. Na mesma data, em 2018, o volume registrado estava em quase metade: 45,9%.

Segundo o Departamento de Águas e Energia Elétrica (Daee), o conjunto está vertendo 9,7 mil litros de água por segundo, e destinando 14,8 mil litros para a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Taiaçupeba, responsável pelo abastecimento da Zona Leste da Região Metropolitana de São Paulo e alguns Municípios do Alto Tietê – PoáSuzanoMogi das Cruzes e Arujá.

O Sistema Alto Tietê é composto pelas barragens de Ponte Nova, Paraitinga, Biritiba, Jundiaí e Taiaçupeba, que têm capacidade para acumular um total de 558 milhões de metros cúbicos de água.

Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail

Está Usando um Bloqueador?

Olá! Nosso site exibe anúncios, se você estiver com o bloqueador de anúncios ativado não irá conseguir ver o site de forma correta. Por favor, desabilite o bloqueador. Obrigado!