Hospital de quarentena de Suzano será prorrogado por mais um mês, mas com redução gradativa no número de leitos

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, por causa da diminuição da quantidade de casos na cidade, a unidade atuará com 50% da capacidade a partir deste sábado (1º) e, depois, haverá redução gradativa do número de leitos.

O Hospital de Quarentena montado na Arena Suzano, no Parque Max Feffer, será prorrogado por mais um mês, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde. A unidade completa três meses nesta quinta-feira (30) e funcionará por mais 30 dias, mas com redução no número de leitos.

A partir de sábado (1º), a unidade vai atender com 50% da capacidade por causa da diminuição do número de casos da doença na cidade, segundo a secretaria, e haverá redução gradativa no número de leitos, conforme demanda e análise do cenário municipal e regional.

A partir deste sábado, o Hospital de Quarentena passará a atuar com 40 leitos de enfermaria – antes eram 70 – e os dez semi-intensivos com respiradores, que serão mantidos. Segundo o boletim epidemiológico, nesta última semana, a unidade registrou uma média de 12% de taxa de ocupação. Em maio, este índice era de 50%.

O secretário municipal de Saúde, Luis Claudio Guillaumon, explica que a decisão foi resultado de um estudo técnico realizado pelo Comitê da Saúde de Enfrentamento à Covid-19. “Resolvemos prorrogar o prazo por mais um mês para que a Prefeitura continue a atender os casos existentes durante a pandemia. A demanda diminuiu, mas infelizmente ainda não zeramos e vamos oferecer esse suporte à população conforme seja necessário”, disse.

Em 90 dias de funcionamento, o Hospital de Quarentena teve 222 pacientes atendidos, sendo que 153 (69%) tiveram alta e 7 morreram (3,15%). Até o final de julho, houve 46 pacientes internados na ala avançada. Além disso, 112 profissionais da Saúde chegaram a atuar no local.

A cidade ainda conta com uma reserva preventiva de dez leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em uma rede privada. Além disso, o município conta com o respaldo do Hospital Auxiliar das Clínicas de Suzano, do governo estadual, e do Pronto-Socorro Municipal (PS), com setores dedicados a pacientes diagnosticados com a doença.

Suzano tinha registrado até esta quarta-feira (29) 180 mortes por Covid-19.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.

    Quer receber notificações em sua tela?
    Não
    Permitir Notificações