Trio suspeito de roubar motorista de aplicativo em Suzano é preso em Arujá após perseguição na Dutra

Trio suspeito de roubar motorista de aplicativo em Suzano é preso em Arujá após perseguição na Dutra

Vítima acredita que mesma quadrilha também assaltou outro motorista de aplicativo, que tentou fugir e acabou morto, também em Suzano no domingo.

Os suspeitos de roubar o carro de um motorista de aplicativo em Suzano na madrugada de domingo (29) foram presos na noite desta segunda-feira (30), em Arujá, após uma perseguição pela Rodovia Presidente Dutra. Eles estavam com um veículo roubado.

O dono do carro reconheceu os suspeitos como sendo os assaltantes que agiram no domingo. Ele já havia informado que acreditava que a mesma quadrilha tinha roubado e matado o também motorista de aplicativo Osmar de Souza Prado, em um crime também em Suzano no domingo.

A prisão
Um radar na Rodovia Mogi-Dutra detectou que o veículo que dois homens e uma mulher estavam era roubado. Houve então uma perseguição e os policiais fizeram um bloqueio já na Rodovia Presidente Dutra, sentido Rio de Janeiro. Assim, os suspeitos foram obrigados a parar.

No veículo havia dois homens e uma mulher. Durante revista, os policiais informaram que encontraram um revólver na cintura do jovem de 18 anos, a mulher de 21 anos tinha uma réplica de arma na cintura e, segundo os policiais, tinha munição em seu sutiã.

Já com o motorista, também de 18 anos, nada ilegal foi encontrado. Os policiais relataram que encontraram ainda mais munições embaixo do tapete do passageiro do carro, além de R$ 25 e um celular no banco traseiro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o trio confessou o roubo do carro em Suzano e os suspeitos afirmaram que estavam em Arujá para fazer roubos. Segundo a polícia, o jovem de 18 anos e a moça de 21 anos contaram que rendiam as vítimas e dirigiam o carro roubado. Já o outro jovem, de 18 anos, tinha a função de revistar e pegar os objetos das vítimas.

Os três foram levados para a delegacia de Arujá. O caso foi registrado como associação criminosa, porte ilegal de arma de fogo, localização, apreensão e entrega de veículo.

O veículo da vítima foi devolvido. Já a arma, munição, réplica de arma de fogo, celular e dinheiro foram apreendidos.

Os jovens ficaram presos e foram encaminhados para a cadeia de Guarulho. Eles ficariam no local até a audiência de custódia que será realizada nesta terça-feira (1º).

Semelhanças entre os casos

O motorista que agora recuperou o carro já tinha contado à reportagem do Bom Dia Diário que o veículo dos criminosos era do mesmo modelo e cor do veículo usado no assassinato do motorista Osmar de Souza Prado.

Além de tudo, o local em que ele sofreu o assalto, no Jardim Colorado, é muito perto, a poucos quarteirões, de onde o outro motorista foi morto, na Avenida Governador Mário Covas. Os horários também foram próximos: um crime às 3h e outro às 3h30.

O modo de agir também foi parecido: os ladrões jogaram o carro na frente dos veículos da vítimas para obrigar que parassem. A vítima que morreu, porém, teria tentando fugir e acabou baleada.

Tags:,
Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail

Está Usando um Bloqueador?

Olá! Nosso site exibe anúncios, se você estiver com o bloqueador de anúncios ativado não irá conseguir ver o site de forma correta. Por favor, desabilite o bloqueador. Obrigado!