UTIs para Covid-19 de hospitais estaduais do Alto Tietê têm ocupação média de 83,3%; Mogi também passa a divulgar dados

Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba tem maior índice de ocupação com 95%. Em Mogi das Cruzes, entre leitos de UTI públicos e particulares, 57,2% estão ocupados.

A ocupação média dos leitos de UTI para Covid-19 dos hospitais estaduais do Alto Tietê está em 83,3%, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde. O Hospital Santa Marcelina de Itaquaquecetuba tem maior índice de ocupação com 95%. As informações foram divulgadas nesta terça-feira (9).

O município de Mogi das Cruzes também passou a divulgar nesta semana a situação dos leitos, tanto na rede pública quanto na rede privada. A última atualização disponível foi na segunda-feira (8). Somando as duas redes, são 110 leitos de UTI com ocupação de 57,27%. Já nos leitos de enfermaria das duas redes, são 326 leitos e ocupação de 31,59%. Os detalhes estão disponíveis no site da Prefeitura.

Rede estadual

De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, o Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos conta com 26 leitos destinados para casos de Covid-19, somando 10 de UTI e 16 de enfermaria. Na UTI, a ocupação é de 78%.

O Hospital Luzia de Pinho Melo tem 56 leitos destinados a Covid-19, somando 18 de UTI e 38 de enfermaria. A ocupação na UTI é de 77%.

O Santa Marcelina de Itaquaquecetuba conta com 53 leitos para casos de Covid-19, somando 13 de UTI e 40 de enfermaria. A ocupação da UTI é de 95%.

“Vale lembrar, no entanto, que essas taxas variam no decorrer do dia, em virtude de fatores como altas ou óbitos, por exemplo. Havendo a necessidade, mais leitos serão ativados para atender a região”, informou a secretaria.

A pasta acrescentou que mantém um esquema especial de gestão de leitos hospitalares, para dar prioridade à internação de pacientes com quadros respiratórios agudos e graves, com suporte da Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde (Cross) para as transferências.

“A Secretaria de Estado da Saúde está estudando o cenário da Covid-19 em São Paulo e as necessidades de ampliação de leitos para assistência aos pacientes com a doença. Juntos, os hospitais estaduais do Alto Tietê (Santa Marcelina de Itaquaquecetuba, Luzia de Pinho Melo e Regional de Ferraz de Vasconcelos) já contam com 245 leitos SUS voltados para Covid-19, e se necessário mais leitos serão ativados”, informou.

Auxílio aos municípios

A secretaria ainda informou que para o Alto Tietê já foi destinado valor superior a R$ 34,9 milhões. Para dez municípios da região, foram destinados 42 respiradores, sendo 10 para o Hospital Regional de Ferraz, 17 ao Santa Marcelina de Itaquaquecetuba e 20 para a Prefeitura de Mogi das Cruzes.

Leave your vote

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.