Bebê de seis meses morre de Covid-19 após ser internada no Hospital Infantil de Palmas

Segundo a Prefeitura de Lagoa da Confusão, paciente é Paloma Alves de Souza. De março a 3 de dezembro, duas crianças, entre 0 e 9 anos, morreram após serem diagnosticadas com a doença.

Uma bebê, de apenas seis meses, morreu nesta terça-feira (8) no Hospital Infantil de Palmas, após ser diagnosticada com a Covid-19. A Prefeitura de Lagoa da Confusão, onde a família da paciente mora, disse que a menina é Paloma Alves de Souza.

O município não soube dizer se a criança tinha comorbidades. Afirmou apenas que ela foi diagnosticada com a Covid-19 ainda em vida. A paciente deu entrada no Hospital Municipal de Lagoa da Confusão no dia 6 de dezembro com moleza e sonolência. Depois, foi encaminhada para o Hospital Regional de Paraíso do Tocantins.

No entanto, segundo as primeiras informações, a criança teria sido levada novamente para o hospital de Lagoa da Confusão. Depois disso, o médico da unidade encaminhou a bebê para o Hospital Infantil de Palmas, onde não resistiu, cerca de dois dias depois.

Lagoa da Confusão registrou 15 mortes ocasionadas pela doença, contando com o óbito da bebê. São, ao todo, 716 pacientes diagnosticados desde março. Desse total, 699 se recuperaram e dois estão internados.

Os pacientes em isolamento domiciliar estão sendo acompanhados pela atenção primária à Saúde. Todas as pessoas que tiveram contato com os infectados seguem em investigação pela vigilância epidemiológica. Todas as providências de isolamento dos pacientes e dos seus contatos mais próximos já foram tomadas, conforme as informações.

De acordo com o último Relatório Situacional, divulgado no dia 3 de dezembro, duas crianças, entre 0 e 9 anos, haviam morrido após a doença e 55 estiveram internadas em todo o Tocantins, desde o mês de março.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Gostou?
    Antes de Ir...

    SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS