Homem que matou esposa grávida durante sexo se passou pela vítima em carta: ‘Decidimos partir juntos’

Homem que matou esposa grávida durante sexo se passou pela vítima em carta: ‘Decidimos partir juntos’

Marcelo Augusto de Sousa Araújo foi preso pelo crime em Várzea Paulista (SP) e, segundo a polícia, confessou ter assassinado a mulher. Caso aconteceu em dezembro de 2019.

O homem preso acusado de matar a esposa grávida durante uma relação sexual, em Várzea Paulista (SP), chegou a escrever uma “carta de despedida” para forjar que o casal teria “decidido partir junto”, segundo a investigação. O caso aconteceu em dezembro de 2019.

G1 teve acesso ao conteúdo da carta quase um ano após o crime. Em um trecho, o homem escreveu: “Decidimos partir juntos. Queríamos família junta nos apoiando, mas é um inferno tanto dos dois lados. Que vocês sintam o peso do que nos fizeram passar”.

Marcelo Augusto de Sousa Araújo foi denunciado pelo Ministério Público por feminicídio. Francine Rigo dos Santos era maquiadora, tinha 21 anos e estava grávida de poucos meses.

Em 7 de agosto deste ano, o juiz determinou que o homem seja julgado pelo Tribunal do Júri — a data ainda não foi marcada.

A defesa recorreu da decisão e os autos foram para o Tribunal de Justiça. No entanto, os desembargadores mantiveram a decisão da primeira instância no dia 30 de novembro.

O laudo necroscópico de 16 de setembro, anexado aos autos em 1 de dezembro, aponta que a vítima teve um corte na garganta, fratura no punho direito e traumatismo craniano.

Durante um interrogatório, Marcelo afirmou que usou uma lâmina para matar Francine durante uma relação sexual.

Segundo o laudo do Instituto médico legal (IML), os ferimentos causaram parada respiratória, parada cardiocirculatória, inconsciência, hipotermia e desidratação. As lesões causadas na vítima foram de 16 e 6 centímetros, além de uma fratura no punho direito.

G1 tentou contato com a defesa do acusado, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem.

Relembre o crime

Marcelo é acusado de ter matado Francine na noite de 22 de dezembro de 2019. Depois, o homem fez publicações em uma rede social se passando pela vítima. Segundo a polícia, Francine foi morta por volta das 10h do dia 22 e não fez o texto publicado na madrugada do dia 23.

Como a família não conseguiu contato com Francine no dia 23, os parentes arrombaram a porta e a encontraram sem vida.

A casa estava suja de sangue, e Marcelo foi achado com ferimentos nos pulsos e no pescoço após tentar suicídio. Ele foi levado à unidade de pronto atendimento de Várzea Paulista e, depois, encaminhado para a delegacia.

Segundo a polícia, o marido apresentou várias versões sobre o crime e confessou que assassinou a mulher durante a relação sexual, depois que eles discutiram porque a vítima contou que estava grávida.

G1 também apurou que os dois discutiram sobre a ceia de Natal e a gravidez da jovem.

Homem que matou esposa grávida durante sexo se passou pela vítima em carta: 'Decidimos partir juntos'
Polícia acredita que suspeito movimentou redes sociais da esposa — Foto: Reprodução/Facebook

Deixe seu voto

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Veja Também

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.

    Quer receber notificações em sua tela?
    Não
    Permitir Notificações