Mais de 104 milhões têm pedido negado para auxílio emergencial

O número de pessoas que tentaram se registar para receber o auxílio de R$ 600 e  tiveram o pedido negado chegou a 104,1 milhões até a noite desta sexta-feira (10). Segundo a Caixa Econômica Federal, neste grupo estão desde aqueles que não têm direito porque não estão no Cadastro Único do governo federal, fraude ou desinformação em relação aos critérios exigidos.

Os pedidos são analisados pela Dataprev, empresa de tecnologia ligada ao Ministério da Economia, com apoio ainda do Banco do Brasil. O governo tem sido enfático sobre possíveis fraudes no auxílio emergencial. A Polícia Federal e a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) já trabalham no mapeamento de quem busca se aproveitar da crise.

O número de pessoas que tentaram se registar para receber o auxílio de R$ 600 e  tiveram o pedido negado chegou a 104,1 milhões até a noite desta sexta-feira (10). Segundo a Caixa Econômica Federal, neste grupo estão desde aqueles que não têm direito porque não estão no Cadastro Único do governo federal, fraude ou desinformação em relação aos critérios exigidos.

Os pedidos são analisados pela Dataprev, empresa de tecnologia ligada ao Ministério da Economia, com apoio ainda do Banco do Brasil. O governo tem sido enfático sobre possíveis fraudes no auxílio emergencial. A Polícia Federal e a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) já trabalham no mapeamento de quem busca se aproveitar da crise.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Gostou?
    Antes de Ir...

    SIGA A GENTE NAS REDES SOCIAIS