Meteorologistas descartam a possibilidade de neve em SP; frio deve bater recorde nos próximos dias

O recorde de frio para este ano deve acontecer entre os dias 22 e 23 de agosto

A temperatura subiu nesta quarta-feira, 19/08, mas não se engane!. Segundo os meteorologistas do ClimaTempo, vai esfriar a partir desta quinta-feira, 20/08, podendo bater o recorde de frio para este ano. A queda da temperatura tem relação com as áreas de instabilidade que já provocaram chuvas em várias regiões do estado de São Paulo, como a cidade de Guarulhos. Esta frente fria traz a massa de ar frio de origem polar mais forte do ano 

Ainda segundo o ClimaTempo, nesta quarta-feira, os períodos com sol aumentam, esquenta rapidamente e a sensação de calor predomina em grande parte do dia. Mas tem previsão de pancadas de chuva com raios à tarde e à noite na divisa com o Paraná, no sul e leste do estado, onde estão a Grande São Paulo e o litoral. A chuva pode ser. 

Na quinta-feira, o tempo fica mais instável, com maior chance de chuva, com a chegada de uma forte e grande frente fria. Além de chuva, este sistema traz muito frio. 

Entre a quinta-feira e a sexta-feira, 21/08, poderá chover em todo o estado, com chance de chuva moderada a forte no oeste, sul, e leste do estado, incluindo a Grande São Paulo e o litoral, com risco de chuva moderada a forte, ventos moderados a fortes e raios.

O recorde de menor temperatura de 2020 poderá ser batido nas madrugadas dos dias 22 e 23 de agosto, no próximo fim de semana. Em Guarulhos, a previsão é de máxima de 12ºC e mínima de 9ºC, na sexta-feira. 

Em relação às temperaturas no estado, durante a passagem da onda de frio poderemos ter de 3°C a 5°C no oeste e sul do estado. Estas devem ser as menores temperaturas inicialmente previstas.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário