O presidente Jair Bolsonaro efetivou o general Eduardo Pazuello como ministro definitivo no Ministério da Saúde

O presidente Jair Bolsonaro efetivou o general Eduardo Pazuello como ministro definitivo no Ministério da Saúde

Destaque Home

anuncie aqui

General do Exército, ele assumiu ministério depois que Nelson Teich pediu demissão, em 15 de maio. Desde então, é o responsável pelas estratégias do governo federal de combate à Covid-19.

O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, será efetivado no cargo na próxima quarta-feira (16) pelo presidente Jair Bolsonaro. A posse está marcada para as 17h, no Palácio do Planalto.

General do Exército, Pazuello foi nomeado ministro interino em 3 de junho, embora já estivesse, na ocasião, ocupando o posto havia 20 dias, depois que o médico Nelson Teich — do qual era secretário-executivo — pediu demissão.

Desde então, o militar é o responsável pelas estratégias do governo federal de enfrentamento da pandemia da Covid-19.

Os convites para a cerimônia de posse de Pazuello começaram a ser distribuídos a autoridades nesta segunda-feira (14).

Pazuello nasceu no Rio de Janeiro e é formado na Academia Militar das Agulhas Negras, mesma instituição onde Bolsonaro estudou.

Em 20 de maio, Bolsonaro afirmou que Pazuello ficaria “por muito tempo” à frente da pasta. Dois dias depois, o ministro da Casa Civil, Braga Netto, afirmou que ele estava no cargo “por tempo determinado”, com o objetivo de “acertar” a logística da pasta.

Deixe seu voto

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário

    Veja Também

    Log In

    Forgot password?

    Don't have an account? Register

    Forgot password?

    Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

    Your password reset link appears to be invalid or expired.

    Log in

    Privacy Policy

    Add to Collection

    No Collections

    Here you'll find all collections you've created before.