Imagens mostram momento em que policial militar atira em homem durante briga de trânsito em Suzano

Imagens mostram momento em que policial militar atira em homem durante briga de trânsito em Suzano

Câmeras mostram que após levar um soco, policial atira na direção de homem que estava ao lado do agressor.

Imagens de uma das câmeras da Central de Segurança Integrada (CSI) da Prefeitura de Suzano flagraram o momento em que um policial militar atira em um ajudante de motorista de van do transporte coletivo, de 46 anos.

Segundo a polícia, o ajudante tentou separar uma briga de trânsito perto da estação de Suzano na noite de sábado (25). As imagens mostram o ajudante atravessando a Rua Prudente de Moraes.

Logo em seguida, ele aparece ao lado dos carros envolvidos no acidente. Momentos depois, três homens aparecem no vídeo. Um deles dá um soco no policial militar de 37 anos, que estava de folga, que cai no chão.

Ele, então, levanta e atira em direção ao ajudante que estava ao lado do homem que o agrediu.

Após o disparo, uma mulher sai do carro da frente e se aproxima da vítima caída no chão que se arrasta pela avenida. Pelas imagens é possível observar que ela apanha alguma coisa no chão e retorna para o carro.

Segundo a Santa Casa de Suzano, o ajudante segue internado e em bom estado geral, evoluindo de forma satisfatória – ele já se alimenta e caminha sozinho. “O paciente continua em observação na unidade hospitalar, até terminar a série de antibioticoterapia”, informou a nota.

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSP) informou que o policial militar foi preso em flagrante logo após o crime e indiciado por disparo de arma de fogo e lesão corporal na Delegacia de Suzano. A SSP completou que “a autoridade policial ouviu o homem e outras testemunhas que presenciaram os fatos. O detido foi encaminhado à audiência de custódia.”

O acidente

De acordo com a Polícia Militar, a briga começou depois que o policial parou o carro que conduzia em um semáforo vermelho, na Rua Prudente de Moraes, no bairro Parque Suzano, e foi atingido pelo veículo que vinha logo atrás.

O PM afirmou que desceu para avaliar os danos e questionar sobre o reparo e ele e o outro motorista começaram a brigar. A mulher do policial, que estava no carro, disse que o motorista do outro veículo estava “visivelmente alterado” e que ele e o marido começaram a se agredir.

Algumas pessoas apareceram no local, entre elas o ajudante de motorista, que tentou apartar a briga. O policial contou que foi golpeado na boca e, para se defender, disparou para baixo, atingindo o abdômen do homem.

O PM sofreu escoriações na boca, foi levado ao Hospital Regional de Ferraz, onde foi medicado e liberado.

As testemunhas ouvidas declararam que o outro motorista envolvido na batida era um idoso. Ele também teria sido agredido pelo policial durante a confusão, ao ser confundido com o autor do soco na boca do PM. Após o disparo, ele fugiu do local.

A Polícia Militar afirma que o próprio PM acionou a polícia e o SAMU. Ele compareceu à delegacia, onde teve sua arma, uma Taurus calibre .38, apreendida e foi preso em flagrante.

A polícia solicitou exames periciais ao Instituto de Criminalística (IC) e ao IML (Instituto Médico Legal) e o caso, registrado como disparo de arma de fogo e lesão corporal na Delegacia de Suzano. O policial foi encaminhado para audiência de custódia.

G1 perguntou para a PM se o policial continua preso e, no momento da publicação, aguardava resposta.


Tags:
Fazer um comentário
Comentário
Nome
E-mail