Tricampeão, goleiro Rafael projeta título mineiro como “o primeiro de muitos” pelo Atlético-MG

Titular absoluto do Galo de Sampaoli, Rafael havia vencido o Campeonato Mineiro em 2018 e 2019 como reserva de Fábio no Cruzeiro

De todos os jogadores do Atlético-MG, o goleiro Rafael é o único que pode juntar um prefixo ao grito de “campeão mineiro” na noite deste domingo. O jogador, na verdade, é “tri”. Venceu em 2017 e 2018 pelo Cruzeiro. Agora, foi campeão no Galo, com um diferencial em relação às outras conquistas. É titular absoluto da equipe de Sampaoli, tendo atuado em todos os jogos do treinador argentino à frente do time.

Para Rafael, o troféu mineiro serve como incentivo para a sequência da temporada e, particularmente, é visto como o primeiro de outras conquistas que ele pretende somar no Galo.

– Muito feliz pela conquista, como todos nós. Trabalhamos bastante para isso, sabíamos da importância do título. Muito feliz de estar em campo e ajudar, comemorar o primeiro de muitos títulos com o Galo – afirmou, à TV Galo.

Rafael teve participação discreta no segundo jogo da final, pouco acionado pelo ataque do Tombense. Bem diferente do jogo de ida, quando chegou a protagonizar bela sequência de defesas. A segunda, com o pé, concorre à defesa do Campeonato Mineiro 2020.

“Nós sabemos a importância de sempre estar ganhando e vencendo. Dependemos disso, o futebol exige isso” (Rafael)

Agora, o Atlético foca totalmente para o Campeonato Brasileiro, pelo qual irá encarar o São Paulo na quinta-feira. Após um começo positivo, com três vitórias em sequência, o Galo precisa se recuperar das duas derrotas consecutivas que soma nos pontos corridos.

– Está todo mundo de parabéns e seguimos em frente porque temos muitas coisas boas para plantar e colher. Título traz confiança muito grande, satisfação grande. Mostra que o trabalho está no caminho certo. Sabemos que é difícil demais ganhar no futebol. Temos que valorizar e usar a conquista como estímulo para o caminho que temos pela frente no Brasileirão – completou o goleiro alvinegro.

Comentários

mood_bad
  • Ainda não há comentários.
  • Adicionar um comentário