Alto Tietê espera vacinar mais de 112 mil crianças de 5 a 11 anos contra Covid-19

Embora a campanha ainda não tenha data para começar, os municípios afirmam que já possuem estratégias para garantir a imunização desse público.

As cidades do Alto Tietê esperam vacinar, pelo menos, 112.530 crianças com idades entre 5 e 11 anos contra a Covid-19. De acordo com um levantamento realizado pelo g1, as prefeituras estão definindo as estratégias para garantir a imunização desse grupo.

O levantamento inclui números de Arujá, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Santa Isabel e Suzano. As demais cidades da região também foram questionadas, mas não enviaram respostas (confira abaixo as respostas por município).

A vacinação de crianças contra a Covid-19 ainda não tem data certa para começar, pois depende da chegada das doses ao Brasil. No entanto, segundo o Governo do Estado, a expectativa é de que a distribuição pelo país comece ainda nesta semana.

Nesta terça-feira (12) a Secretaria Estadual de Saúde abriu o pré-cadastro para imunização do público infantil. Assim como ocorreu com os adultos, a recomendação é que as famílias preencham um formulário na plataforma Vacina Já para agilizar o atendimento.

A pasta também divulgou os primeiros detalhes sobre a campanha de imunização do público infantil. Uma das determinações é que o cronograma priorize as crianças com comorbidades ou deficiências, quilombolas ou indígenas.

Veja o que as cidades do Alto Tietê já definiram sobre a vacinação das crianças contra Covid-19

Arujá

A cidade espera imunizar 7,5 mil crianças. A Prefeitura informou que não há uma previsão de quando tempo dure a campanha de imunização, pois é preciso aguardar a chegada das vacinas.

Em nota, Arujá afirma, que tem capacidade para vacinar toda a faixa etária em uma semana, mas depende do envio das doses. Apesar disso, ainda não há definições de quais serão os locais de aplicação.

Ferraz de Vasconcelos

Cerca de 19 mil crianças com idades entre 5 e 11 anos devem ser imunizadas contra a Covid-19 em Ferraz de Vasconcelos, segundo a Prefeitura.

Questionada sobre a previsão de início da campanha, a Secretaria Municipal de Saúde informou que aguarda o recebimento das vacinas.

Destacou também que ainda não definiu todos os detalhes da estratégia a ser utilizada, mas que esse planejamento já está em execução e será divulgado nos próximos dias.

Guararema

A Secretaria de Saúde de Guararema liberou nesta quinta-feira (13) o cadastramento para vacinação contra a Covid-19 de crianças de 10 e 11 anos com comorbidades. Segundo a pasta, a previsão é que o município receba um novo lote de vacinas até segunda (17).

O formulário deve ser preenchido pelos responsáveis na plataforma Vacina.Digital. A ferramenta pode ser acessada pelo site da administração municipal por meio do banner da página inicial ou do link “Cadastramento Para Vacinação da Covid-19”.

A cidade não informou quantas crianças devem ser vacinadas.

Itaquaquecetuba

A Prefeitura informou que, até o momento, não tem nada oficial. “Estamos aguardando informe técnico e orientação da Secretaria de Saúde Estadual para fecharmos as estratégias”.

Mogi das Cruzes

A Prefeitura de Mogi das Cruzes estima que 44 mil crianças, dentro dessa faixa etária, sejam imunizadas na cidade. A previsão é de que as primeiras doses cheguem até o final de janeiro. Porém, a administração municipal destaca que aguarda mais informações estaduais referentes à data de início e demais procedimentos.

Sobre o esquema de aplicação, a Secretaria Municipal de Saúde disse que a vacina estará disponível para pedestres no Pró-Hiper e nas unidades básicas, mediante agendamento no site CliqueVacina. As unidades de Saúde da Família (USF) e do Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) Biritiba Ussu e Taiaçupeba atenderão o público cadastrado nessas unidades.

Por enquanto, não há previsão de vacinação em escolas do município, mas a cidade lembra que realizou um treinamento com trabalhadores da saúde sobre a imunização das crianças. Já com relação a ordem de aplicação e grupos prioritários, a pasta disse que vai seguir as orientações do Governo do Estado.

Poá

Em Poá, a expectativa é de que 11,6 mil moradores de 5 a 11 anos sejam vacinados. A Secretaria Municipal de Saúde informou que depende da confirmação do Governo do Estado sobre a quantidade de doses para definir um esquema de distribuição.

Porém, afirma que a vacinação contra Covid-19 será realizada em Unidades Básicas de Saúde (UBS), que serão confirmadas até o final da semana, atendendo a diretrizes técnicas que pedem locais diferenciados da campanha dos adultos e adolescentes. Não haverá em escolas.

A cidade diz que os profissionais da saúde terão treinamentos municipais e estaduais para a aplicação da dose no público infantil. Além disso, ressalta que os responsáveis não precisarão fazer cadastro prévio para garantir o imunizante.

Santa Isabel

Com base o Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), a Prefeitura de Santa Isabel estima que 5,2 mil crianças recebam a vacina contra a Covid-19. A cidade ainda não tem previsão de início da campanha e também diz que espera informações do Governo Estadual.

Ainda de acordo com a pasta, o município já tem um esquema de distribuição de vacinas definido e a aplicação deve ocorrer em todas as unidades de saúde. Além disso, haverá treinamento de profissionais da saúde para esse atendimento.

Não será preciso fazer cadastro prévio para vacinar o público infantil, informou a administração munici

Suzano

A estimativa é de que Suzano aplique a vacina em 25,2 mil crianças com idades entre 5 e 11 anos, conforme aponta o Seade. No momento, a Prefeitura está planejando a estratégia de atendimento e outros detalhes referentes à nova etapa da campanha.

Deixe um comentário