Ambulância da Prefeitura de Mogi é roubada e motorista feito refém

Ambulância da Prefeitura de Mogi é roubada e motorista feito refém

Uma ambulância da Prefeitura de Mogi das Cruzes foi roubada na noite desta sexta-feira (23), na rodovia Mogi-Dutra (SP 088). O motorista, de 54 anos, foi feito refém e liberado após quatro horas.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou que a ambulância ainda está desaparecida e era usada também para o transporte de pacientes com a Covid-19, mas no momento ia buscar uma paciente que estava em hemodiálise. Ainda segundo a prefeitura, o modelo da ambulância é igual ao da foto, com o prefixo 13S 1171.

Segundo o boletim de ocorrência, o motorista seguia com o veículo pela rodovia rumo a Guarulhos, quando outro motorista avisou que havia desprendido uma peça da ambulância. Ao parar no acostamento para verificar, de acordo com o registro policial, um carro parou na frente da ambulância e o motorista foi abordado por dois homens.

A vítima foi colocada dentro do carro e levada para a cidade de Itaquaquecetuba. O motorista contou à polícia que, quando chegou no imóvel havia um caminhoneiro, também sequestrado, que foi liberado na sequência.

Por cerca de quatro horas, consta no boletim, a vítima ficou sob o poder de cinco criminosos. Eles pegaram os cartões e pediram as senhas.

Anúncio Patrocinado

Ainda segundo o boletim, depois o motorista foi colocado em um carro e levado até o bairro Recanto Mônica, também em Itaquaquecetuba, onde foi liberado. A carteira dele foi devolvida, mas apenas com a CNH.

A vítima acionou a Polícia Militar que, em seguida, comunicou a situação ao Samu de Mogi das Cruzes.

O caso foi registrado como roubo qualificado, por restringir a liberdade da vítima.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações