Com novas restrições da pandemia, comércios de Arujá poderão funcionar apenas 10 horas diárias a partir desta quinta

Com novas restrições da pandemia, comércios de Arujá poderão funcionar apenas 10 horas diárias a partir desta quinta

Segundo a Prefeitura, a medida foi necessária após anúncio do governo do Estado para o retorno do Alto Tietê para a fase amarela.

Os estabelecimentos comerciais de Arujá só poderão funcionar por dez horas diárias a partir desta quinta-feira (3). A determinação está em um decreto que a Prefeitura publicou nesta quarta-feira (2), por meio do Comitê Extraordinário de Combate à Covid-19.

A medida prorroga a quarentena e retorna o município à fase amarela do Plano São Paulo. Desta forma, estabelecimentos comerciais, restaurantes, salões de beleza e academias passam a funcionar sob novas restrições para conter o avanço da pandemia na cidade.

Após a atualização anunciada pelo governo do Estado, a administração municipal informou que decidiu acompanhar as normas previstas no decreto estadual. O objetivo é intensificar os cuidados para controlar a transmissão da doença. No município. A medida passa a valer a partir desta quinta-feira (3) e terá vigência até 31 de dezembro.

De acordo com a Prefeitura, o funcionamento das atividades fica restrito a dez horas diárias, sequenciais ou fracionadas, devendo encerrar o atendimento até as 22h. Outra alteração está relacionada à ocupação dos espaços.

Anúncio Patrocinado

No caso dos bares, restaurantes, lanchonetes e similares, ela está limitada a 40% da capacidade dos assentos. Isso significa que, se um ambiente abriga 100 pessoas sentadas, só poderá receber 40.

A mesma regra vale para os estabelecimentos comerciais, prestadores de serviços (escritórios, por exemplo), salões de beleza, clínicas de estéticas, academias de ginásticas, atividades esportivas, culturais e religiosas. Não é permitido ultrapassar o limite de 40% de ocupação, sob pena de sanções previstas na legislação municipal e de outras medidas de natureza cível ou criminal.

Além disso, o decreto proíbe a realização de atividades que gerem aglomeração, como festas, baladas, torcidas em estádio, grandes shows e quaisquer eventos com público em pé. Ainda segundo o documento, cada atividade deve obedecer aos protocolos padrões setoriais e específicos. O uso de máscara e a disponibilização de álcool em gel permanecem obrigatórios para todos.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações