Policial Militar que atuava em Ferraz de Vasconcelos morre vítima da Covid-19

Policial Militar que atuava em Ferraz de Vasconcelos morre vítima da Covid-19

A cabo da Polícia Militar Luciana Torres Fonseca, de 49 anos, que trabalhava em Ferraz de Vasconcelos, morreu na noite desta quarta-feira (14), em decorrência da Covid-19.

Desde junho de 2015, Luciana atuava na 3ª Companhia do 32º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, onde trabalhava como auxiliar de logística.

Em uma publicação nas redes sociais, o 32º Batalhão, responsável pelo policiamento ostensivo nos municípios de Ferraz, Suzano e Poá, informou que Luciana exercia suas funções “com grande dedicação e zelo com o que lhe era confiado, além de ser profissional esforçada, exemplar e competente com seus afazeres”.

Segundo a publicação, Luciana havia ingressado na Polícia Militar em setembro de 1997.

PUBLICIDADE

Ela serviu no 4º Batalhão de Polícia Feminina, no 28º e no 32º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, no 24º Batalhão de Polícia Militar do Interior e no Comando de Policiamento de Área Metropolitana 12.

“Nesse momento de dor, unimos nossos sentimentos aos da família e elevamos nossos pensamentos a Deus, rogando-lhe que, por meio de seu grande amor, possa consolar os corações e curar as feridas dessa separação. Recebam o abraço fraterno dos integrantes do 32º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano”, dizia a publicação.

No dia 25 de março, o cabo da Polícia Militar de Suzano Anderson Sposito faleceu, também em decorrência da Covid-19. O estado de São Paulo deu início à vacinação de profissionais da segurança pública no dia 5 de abril.

Comentários

mood_bad
  • Nenhum comentário.
  • Comentar
    Alto Tietê Online Quer receber notificações de novidades, promoções e outros assuntos?
    Dispensar
    Permitir Notificações