Padre publica imagens da depredação da Igreja Matriz de Guarulhos

Pichações fazem parte de um cenário que deveria ser de conservação do patrimônio público

Indignado com a situação do prédio da Catedral Nossa Senhora da Conceição – Igreja Matriz de Guarulhos -, o Padre Antônio Bosco fez uma publicação em sua rede social. O pároco lembrou que o local foi construído e é mantido pelos guarulhenses e deveria ser preservado com todas as características originais. A última reforma da fachada aconteceu há 5 anos. 

“A nossa velha e amada Igreja Matriz, cenário da história cotidiana da cidade de Guarulhos, desde suas origens, refúgio de fiéis e não fiéis , que buscam em seu interior um pouco de paz, ostenta as cicatrizes da violência urbana, que agora se acirra, deixando suas marcas agressivas e antidemocráticas também nas partes frontais” disse em um trecho de seu texto publicado no dia 19 de outubro. 

Para o padre, este tipo de problema será resolvido com a conscientização da população. “Para evitar este tipo de problema seria preciso ter educação para a civilidade e vida em comum, no respeito ao próximo, e ao trabalho do próximo; formação da consciência de cidadania e pertencer a um povo”, explicou.

Outro ponto importante é a presença da segurança pública do município, com a presença mais efetiva da Guarda Civil Municipal. “Não precisa construir uma base , basta uma viatura , sobretudo a noite, para zelar pela segurança dos transeuntes. A presença da GCM vai inibir o tráfico e consumo de drogas na região”, comentou o Padre. 

PUBLICIDADE

“Fala-se tanto em sociedade plural. Mas na prática tais crimes expressam a incoerência. Amigos meus da Síria e líbano,  que passaram aqui pensaram que estávamos em guerra civil quando viram a igreja agredida”, contou. 

O padre chama a atenção para a região central de Guarulhos, onde está localizada a catedral. Por lá, passam diariamente pessoas de todas a partes do país e do mundo. O que desvaloriza a região e exibe um cenário de abandono. “Se as pessoas que realizam o crime da pichação gostam disso, deveriam pichar suas próprias casas”, disse o padre.

Restauração

Segundo o padre, a igreja passou por reparos há cinco anos. A novo pintura e restauração não tem data acontecer. Ele conta que ainda não possível fazer um orçamentos. 

“Não temos perspectiva de recuperar agora, uma vez que seria perder dinheiro, pois pichariam antes mesmo de terminarmos o serviço”, esclareceu. 

O que diz a GCM 

A Guarda Civil Municipal (GCM) esclarece que atende a região da Catedral de Guarulhos por meio da Inspetoria de Patrulhamento da Área Centro, bem como coloca à disposição da população a Central de Atendimento da GCM, que atende chamados 24 horas por dia pelos telefones 153 e 2475-9444.  Vale ressaltar também que se vale do monitoramento das câmeras da CIIG (Central de Inteligência Integrada de Guarulhos) e realiza patrulhamentos constantes pela região central da cidade.

Comentários

mood_bad
  • Nenhum comentário.
  • Comentar
    Alto Tietê Online Quer receber notificações de novidades, promoções e outros assuntos?
    Dispensar
    Permitir Notificações