Santa Marcelina de Itaquaquecetuba não registra ocupação nos leitos de UTI para Covid-19; confira situação nos hospitais

Santa Marcelina de Itaquaquecetuba não registra ocupação nos leitos de UTI para Covid-19; confira situação nos hospitais

Hospital tem, atualmente, dois leitos de terapia intensiva para Covid-19. Média na região ficou em 49,5%.

O Hospital Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba, registrou 0% de ocupação nos leitos de terapia intensiva (UTI) destinados aos pacientes em tratamento da Covid-19, nesta segunda-feira (9). Somando os três hospitais estaduais do Alto Tietê, a média foi de 49,5%.

A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde, que lembra que as taxas variam no decorrer do dia em virtude de fatores como altas, óbitos ou transferências para leitos de enfermaria ou UTI, por exemplo.

O maior índice de ocupação foi registrado no Hospital Luzia de Pinho Melo, em Mogi das Cruzes: ao todo, são 10 leitos de UTI, dos quais 8 estavam em uso.

Em seguida está o Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos, que possui 16 leitos de terapia intensiva para coronavírus. De acordo com a pasta, a taxa de ocupação foi de 68,7% na UTI.

Anúncio Patrocinado

A Secretaria de Saúde informa que pode ocorrer redirecionamento de leitos para atendimento a pacientes com outras patologias, à medida que há menor demanda de casos do coronavírus.

Destaca, ainda, mantém um esquema especial de gestão de leitos hospitalares, para dar prioridade à internação de pacientes com quadros respiratórios agudos e graves.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações