Creches de Mogi das Cruzes se preparam para retorno das aulas presenciais

Creches de Mogi das Cruzes se preparam para retorno das aulas presenciais

Unidades vinculadas à Prefeitura adotam medidas para cumprir protocolo de segurança contra a Covid-19. Volta está marcada para 24 de maio.

As aulas presenciais nas creches municipais de Mogi das Cruzes voltam só no final de maio, mas as unidades já estão se preparando para receber os pequenos, com atenção especial aos detalhes para atender os protocolos de segurança.

A partir de 24 de maio a rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes deve retornar, aos poucos, com as aulas presenciais.

A volta será realizada por etapas: a cada semana serão abertas novas unidades. As creches e as turmas de pré-escola, por exemplo, vão estar liberadas a partir de 31 de maio. “Nós estamos trabalhando muito…até o emocional. Porque é muito complicado a gente não poder abraçar uma criança. Estamos trabalhando muito com isso e entendemos que para nós agora é muito importante para as crianças também e nós temos que passar tranquilidade para as mães”, afirma a dirigente da creche, Solange de Souza.

As unidades de educação infantil já estão organizadas para essa nova fase. Uma creche no Parque Olímpico está preparada para receber com segurança os 205 alunos de 4 meses a 5 anos.

Anúncio Patrocinado

Nas salas, em vez de 24 crianças, agora serão apenas cinco. Fora isso, janelas abertas e mesas mais afastadas. O berçário de 12 vai passar a receber apenas quatro bebês. Até os banheiros passaram por mudanças.

“A gente precisa também que os pais nos ajudem nesse retorno porque vai ser difícil para as crianças entenderem que não pode abraçar a tia, não pode chegar perto da tia. Por isso, nós dentro da creche, trabalhamos nosso emocional e precisamos pedir para que os pais tentem preparar as crianças para esse retorno”, observa Solange.

Uma rotina escolar diferente que outra creche também no Parque Olímpico já está colocando em prática. No refeitório só vão poder ficar 12 crianças por vez. A unidade atende 128 alunos de 0 a 6 anos.

As aulas remotas continuam. Novas formas de se relacionar e também de ensinar. “Os alunos que estão em casa terão acesso a mesmas aulas de quem está na escola. Então, durante a administração das aulas, elas serão gravadas e disponibilizadas nos grupos que a gente já tem com atividades remotas. Então, todos os alunos vão ter o mesmo acesso, mesmas atividades que estão sendo executadas na escola”, explica a pedagoga Tânia de Paula.

Anúncio Patrocinado
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações