Mogi está em alerta de estiagem

Mogi está em alerta de estiagem

O Sistema Nacional de Meteorologia (SNM), do governo federal, emitiu um alerta de emergência hídrica para a região que abrange o Estado de São Paulo, devido à previsão de chuvas abaixo da média no período de junho a setembro.

Somente na área das represas que compõem o Sistema Produtor Alto Tietê (Spat), o volume de água armazenado em 31 de maio foi de apenas 57,9% da capacidade, inferior aos percentuais registrados no fechamento do mês de maio de 2020 (77,3%) e de 2013 (63,5%), ano que antecedeu a última crise hídrica.

Mais uma vez atento a esse possível cenário de escassez de água nos próximos meses, o Serviço Municipal de Águas e Esgoto (Semae) de Mogi das Cruzes reforça as recomendações para o consumo consciente de água e hábitos de economia, evitando desperdícios.

O chuveiro, por exemplo, é considerado um dos principais meios de desperdício. Durante o banho, desligá-lo enquanto se ensaboa o corpo pode representar uma redução de 80 litros de água consumida, dependendo do tempo de banho. Em um mês, são 2,4 mil litros de água (por pessoa) que deixam de ir desnecessariamente para o ralo.

Cinco minutos de torneira aberta na pia da cozinha ou no tanque consomem cerca de 75 litros. Outras recomendações, não só do Semae como de muitas companhias de abastecimento, são fechar a torneira ao escovar os dentes, fazer lavagens de roupas sempre com a máquina cheia (apenas quando tiver carga suficiente para completá-la), além de identificar e reparar possíveis vazamentos internos.

Anúncio Patrocinado

A água não é um recurso infinito. Economize!

Fonte: Prefeitura de Mogi das Cruzes

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações