Poá anuncia medidas para que cemitério municipal não entre em colapso

Está prevista a abertura de novas covas e gavetões. Prefeitura também realiza exumações diárias para liberar sepulturas.

Diante da alta de mortes por Covid-19, a Prefeitura de Poá está adotando novas medidas para que o Cemitério da Paz, no Jardim Itamarati, não entre em colapso. O espaço receberá a abertura de novas covas, além de 72 espaços em gavetões. Também estão sendo realizadas cerca de quatro exumações diárias, com o objetivo de liberar o máximo de sepulturas possível.

As medidas citadas pela secretária abrangem, ainda, horários diferenciados para o funcionamento de velórios e a obrigatoriedade do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s) pelos funcionários. De acordo com a administração, o objetivo é evitar que o cemitério entre em estado crítico.

“Já foram 194 mortes, sendo 27 só em março, estamos vivendo o pior momento da pandemia e precisamos estar atentos para não colapsar o sistema, por isso adotamos algumas medidas importantes para o momento”, afirmou a responsável pela pasta, Claudete Bezerra Canada, secretária de Meio Ambiente, Recursos Naturais e Serviços Urbanos.

Somente neste mês de março, 63 novos jazigos foram abertos e, atualmente, 20 covas estão desocupadas. De acordo com dados da prefeitura, a cidade registrou 90 sepultamentos em janeiro, sendo que 19 eram de pessoas infectadas ou com suspeita de coronavírus. Em fevereiro foram 94 enterros, com 33 casos confirmados ou suspeitos da doença.

PUBLICIDADE

Velórios e funcionários

Também foram adotadas novas regras para a realização de cerimônias no Velório Municipal, que fica no interior do cemitério. “Tem horário reservado para a realização de velórios de falecidos por outros motivos. Já as vítimas em âmbito da pandemia da Covid-19, chegam em outro horário e vão direto para a sepultura”, ressalta a secretária.

A cidade também está distribuindo equipamentos de proteção individual (EPI) aos funcionários do cemitério. “Temos total preocupação com os servidores que atuam no local, por isso distribuímos máscaras, luvas, botas e roupa especial de proteção, além do álcool em gel para higienização”, diz.

“Infelizmente, a pandemia está em uma fase crítica, vitimando milhares de pessoas em todo o país e, em Poá não é diferente. É importante que a população entenda a situação e que adote as medidas preventivas como distanciamento social, e o uso de máscara e álcool gel para ajudar no combate à disseminação dessa doença”, explicou Claudete.

Comentários

mood_bad
  • Nenhum comentário.
  • Comentar
    Alto Tietê Online Quer receber notificações de novidades, promoções e outros assuntos?
    Dispensar
    Permitir Notificações