Poá: Como o Bullying afeta a Vida e Saúde Mental

Compartilhe 👇

Share on facebook
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on twitter

Você sabia que a prática do bullying pode levar diversos transtornos à vítima?
O bullying é uma palavra que se originou da língua inglesa que significa amedrontar.

Constitui um quadro de agressões contínuas, repetitivas, com características de perseguição do agressor contra a vítima. Podem ser de ordem verbal, física e psicológica.

Chamamos de bullying o comportamento agressivo sistemático cometido por crianças e adolescentes. Quando um comportamento parecido acontece entre adultos, geralmente no ambiente de trabalho, classificamos o ato como assédio moral.
As consequências do bullying podem ser devastadoras e irreversíveis para a vítima. O primeiro sintoma é o isolamento social, que não se vê como alguém que pertence aquele grupo.

A partir daí, pode haver uma queda no rendimento escolar, queda na autoestima, quadros de depressão, transtorno de ansiedade, síndrome do pânico e outros distúrbios psíquicos.

Quando não tratados, esses quadros podem levar o jovem a tentar o suicídio.
A violência não é combatida com mais violência. Às vezes, punições aos agressores são necessárias quando estes extrapolam qualquer limite razoável, porém, na maioria das vezes, os agressores também são jovens que sofrem por algum motivo.

Nesses casos, a melhor maneira de solucionar o problema é pelo diálogo e conscientização.
Além das campanhas governamentais, é necessário que as famílias se unam com os profissionais da Educação para que todos possam trabalhar na conscientização de seus filhos e no apoio emocional de que as vítimas necessitam.


💛Agir salva vidas. DIGA NÃO AO BULLYING!

Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Alto Tietê Online Aceita receber notificações no seu dispositivo?
Dispensar
Permitir Notificações