Poá interrompe festa com cerca de 300 pessoas no fim de semana

Cidades da região aplicaram 34 multas durante o final de semana por aglomerações e desrespeito às leis do silêncio e da pandemia.

Durante o último final de semana, que em uma fase sem pandemia seria marcado pelas festas de carnaval, as cidades do Alto Tietê aplicaram 34 multas por desrespeito à legislação que visa coibir aglomerações e som alto.

Na cidade de Poá, os agentes dispersaram uma festa com cerca de 300 pessoas em uma casa, em Calmon Viana.

Sete cidades da região informaram ter realizado ações a fim de coibir eventos. Algumas, inclusive, fizeram reunião com comerciantes. Além das multas, houve ainda outras 16 notificações.

Em Poá, foram multados três estabelecimentos, sendo dois no Centro e um na Vila das Acácias. A multa é no valor de R$ 1,5 mil por aglomeração e funcionamento além do horário permitido.

PUBLICIDADE

Além dos estabelecimentos citados, houve ainda mais seis multas por infração de trânsito, por estacionamento irregular, no sábado (13) e no domingo (14).

Biritiba Mirim

As equipes de fiscalização sanitária e de postura de Biritiba Mirim realizaram rondas de orientação ao comércio em geral. Na sexta- feira foi realizada uma reunião com os comércios de grande circulação e foram passadas orientações e os dados sobre a Covid-19 no município.

Com o desrespeito das medidas, foram aplicadas duas multas por venda de bebida em horário não permitido, de acordo com o decreto número 3559/21.

Ferraz de Vasconcelos

De acordo com a Vigilância Sanitária de Ferraz de Vasconcelos, durante o fim de semana foram fiscalizados 85 estabelecimentos na cidade. Destes, 12 foram notificados e fechados. Houve uma autuação. Não houve confusões ou resistências.

Já por parte da Guarda Civil Municipal (GCM) de Ferraz, foram fiscalizados 30 estabelecimentos no último fim de semana. Destes, três foram multados e interditados, um notificado e interditado e um notificado. Nestes casos, também não houve resistência.

Guararema

O Setor de Fiscalização da Prefeitura de Guararema, com apoio do Centro de Segurança Integrada (CSI) e da Polícia Militar (PM), multou e lacrou no sábado (13) uma adega localizada no bairro Parateí, por descumprimento das regras do Plano SP, que regulamenta a quarentena no município e em todo Estado.

De acordo com as informações da Fiscalização, o estabelecimento havia sido notificado na quinta (11), junto com outros nove comércios, em relação às regras e horários de atendimento presencial. Ainda assim, a adega continuou funcionando até as 3h. O estabelecimento foi lacrado por 48 horas.

Itaquaquecetuba

Em Itaquaquecetuba, a operação realizada no final de semana contra fluxos e pancadões não houve casos de confusões, conflitos ou resistência à fiscalização, mas qualquer denúncia pode ser feita por meio dos números da Ouvidoria 4753- 1108 ou GCM 153. Não houve necessidade de aplicação de multas.

Mogi

Em Mogi das Cruzes, a Secretaria Municipal de Segurança informa que durante todo o final de semana foram realizadas operações com a participação do Departamento de Fiscalização de Posturas e da Guarda Municipal.

Entre a noite de sexta-feira e este domingo foram registradas 13 autuações por desrespeito ao decreto Covid-19. Todos os estabelecimentos comerciais autuados foram esvaziados.

Os locais autuados e esvaziados ficam nos bairros Jundiapeba, Botujuru, Centro, Parque Monte Líbano, Vila Partênio, Brás Cubas, César de Sousa e Vila Moraes

Das situações referentes à perturbação do sossego, também foram registradas três autuações por desrespeito à Lei do Silêncio e uma autuação por realização de pancadão, na Vila Moraes.

Durante este período, também ocorreram 65 orientações e 3 notificações. A Guarda Municipal também fez o patrulhamento dos locais com possibilidade da ocorrência de aglomerações, principalmente de jovens, em diversas regiões da cidade.

A população também pode colaborar com este trabalho por meio de denúncias, que podem ser feitas pelo telefone 153, da Central Integrada de Emergências Públicas (Ciemp).

Já o Departamento de Vigilância Sanitária informa que participou de uma ação conjunta com a Polícia Militar. Nesta operação, foram visitadas 16 adegas. Um destes estabelecimentos foi autuado por não utilização de máscaras por pessoas que estavam em seu interior, além de aglomeração.

Suzano

A Vigilância Sanitária e o Departamento de Fiscalização de Posturas da Prefeitura de Suzano comunicaram que não foram acionados para nenhuma ocorrência neste fim de semana (13 e 14).

Já a Guarda Civil Municipal (GCM) informou que atuou em apoio a uma ação preventiva com a Polícia Militar no sábado e no domingo e que, em razão disso e do trabalho que vinha sendo realizado pela corporação na cidade, não houve o registro de casos envolvendo “fluxo” e “pancadões”.

A qualquer indício de aglomeração em vias públicas as pessoas eram dispersadas sem resistência. As ações das repartições da Prefeitura de Suzano terão sequência ao longo dos próximos dias.

Nos dias úteis, das 8h às 17h, os telefones da Ouvidoria Geral do Município (0800-774-2007), do Setor de Fiscalização de Posturas (4745-2046 e 0800 774 2007) e da GCM (4746-3297 e 153) recebem denúncias. Fora do horário comercial e aos sábados, domingos e feriados, no entanto, deve-se procurar a GCM.

Comentários

mood_bad
  • Nenhum comentário.
  • Comentar
    Alto Tietê Online Quer receber notificações de novidades, promoções e outros assuntos?
    Dispensar
    Permitir Notificações