Suzano vacina grávidas e puérperas contra a Covid-19, desde que estejam nos grupos prioritários

Suzano vacina grávidas e puérperas contra a Covid-19, desde que estejam nos grupos prioritários

A imunização dessas mulheres que não são profissionais da educação ou da saúde deve ocorrer apenas em meados de maio.

Nesta semana, o Ministério da Saúde incluiu todas as grávidas e mulheres no puerpério no grupo prioritário da vacinação da Covid-19.

A medida visa proteger as mulheres nessas situações, porque a doença pode evoluir para o quadro mais grave. Dados do Observatório Obstétrico Brasileiro mostram que 27% por cento das grávidas e puérperas do Alto Tietê internadas com Covid precisaram ser transferidas para a UTI.

A cidade de Suzano informou que já está vacinando profissionais da educação e da saúde que estão nesses grupos.

A diretora da Vigilância em Saúde de Suzano, Maria Cristina Perin, esclareceu que uma norma técnica que dizem que as mulheres grávidas ou puérperas que estão no grupo prioritário podem ser vacinadas. Para a população em geral, ainda não está em aberto, porque o município ainda não recebeu uma remessa exclusiva para este grupo.

Anúncio Patrocinado

“Está previsto para a metade de maio da gente receber essas doses. Nós ainda não recebemos nenhuma norma técnica a respeito disso. Hoje ela precisa apresentar uma liberação médica para ser vacinada”, explicou.

Maria Cristina detalhou também que a vacinação contra a Covid é baseada na experiência da imunização de outras doenças com o vírus inativado. “Há algum tempo, as grávidas são vacinadas contra a influenza e tem tido bons resultados. Nós estamos vacinando e nos sentindo seguros”, ressaltou.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Artigos Relacionados

Outras Notícias

Alto Tietê Online Receba novidades e notificações na tela do seu dispositivo.
Não
Permitir Notificações