Arujá reforça a campanha de denuncias contra a violência doméstica

Como forma de estimular e reforçar a conscientização do combate à violência contra mulheres, a Prefeitura de Arujá e a Câmara Municipal fazem lembrar das formas de denúncia e da integração com a Rede de Apoio à Mulher, responsável pelos cuidados às mulheres vítimas de agressão no município.

Rede de Proteção

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM)

Inaugurada em 2021, a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) chegou para reforçar o combate a qualquer violação de direitos das mulheres. A unidade fica localizada na Praça Bartolomeu Bueno, 7, Centro, ao lado da Delegacia Central. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 9 às 18 horas, e pode ser contatada pelo telefone: (11) 4653-1984.

Patrulha Maria da Penha (GCM)

A Patrulha Maria da Penha atende, atualmente, 130 mulheres que contam com medidas protetivas no município.

Secretaria Municipal de Assistência Social

A Secretaria Municipal de Assistência Social conta com a unidade de Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e com o apoio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), sendo 3 unidades no município.

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher

Tendo função consultiva, deliberativa e de fiscalização, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) é formado por dez conselheiras, sendo cinco do Poder Público e cinco da sociedade civil.

Outras formas de denunciar anonimamente:

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Arujá – 11 4653-1984

Disque 180 – Central de Atendimento à Mulher

Disque 190 – Polícia Militar

CREAS Arujá – (11) 4651-3293 (ou presencialmente)

Disque 153 – Guarda Civil Municipal (GCM)

Lei Sinal Vermelho

Uma forma silenciosa de denúncia contra a violência doméstica, já sancionada e aplicada em Arujá, é o ato de fazer um “X” vermelho na palma de sua mão e mostrar a atendentes de farmácias, padarias ou qualquer órgão público. Assim que identificado o símbolo, a polícia deverá ser acionada imediatamente.

Informações Prefeitura de Arujá

Deixe um comentário