O governo federal deve anunciar nesta terça-feira (19) o valor do Auxílio Brasil, programa que substituirá o Bolsa Família em breve, podendo ser iniciado já em novembro, após o fim do Auxílio Emergencial. O novo benefício será pago até o final de 2022, com a possibilidade de atender 17 milhões de famílias, conforme os rumores.

Segundo o Blog do Valdo Cruz, comentarista da GloboNews, os beneficiários do novo programa social podem receber até R$ 400 por mês. Se confirmado, o valor superará a quantia proposta inicialmente pela equipe econômica do governo, que pretendia pagar R$ 300 mensais às famílias atendidas.

A Medida Provisória (MP) do Auxílio Brasil ainda está em tramitação, dependendo da aprovação de deputados e senadores para que seja iniciado o pagamento do benefício. A seguir, reunimos as principais informações divulgadas até agora sobre o programa.

Como vai funcionar o Auxílio Brasil?
O novo programa de transferência de renda será dividido em nove modalidades:

  • Auxílio Esporte Escolar: inclui estudantes com idade entre 12 e 17 anos, membros de famílias atendidas.
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior: atende alunos com bom desempenho escolar, também beneficiários do projeto.
  • Auxílio Criança Cidadã: direcionado ao responsável pela família que tenha criança de até 48 meses de vida e não encontre vaga em creches públicas ou privadas para ela.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Rural: agricultores familiares são o público-alvo.
  • Auxílio Inclusão Produtiva Urbana: beneficiários do programa que comprovarem vínculo de trabalho formal terão direito.
  • Benefício compensatório de Transição: destinado a quem perdeu parte do valor ao mudar do Bolsa Família para o Auxílio Brasil.
  • Benefício Primeira Infância: atenderá às famílias com crianças de até 3 anos incompletos.
  • Benefício Composição Familiar: exclusivo para famílias com pessoas de 3 a 21 anos ou gestantes.
  • Benefício de Superação da Extrema Pobreza: será pago às famílias cuja renda mensal per capita estiver abaixo do limite da extrema pobreza.


Quem tem direito a receber e qual é o valor?
Se os requisitos atuais forem mantidos, as famílias em situação de extrema pobreza (renda mensal de até R$ 89 por pessoa) serão as beneficiadas, assim como as que vivem em situação de pobreza (renda de R$ 89,01 a R$ 178 por pessoa). No último caso, o grupo familiar deve incluir gestantes ou menores de 21 anos.

Em relação ao valor do Auxílio Brasil, a quantia especulada é de R$ 400 (ainda precisa ser confirmada).

Saiba como realizar o cadastro

Detalhes sobre o cadastro para o novo programa social do governo federal ainda não foram divulgados. Uma das possibilidades levantadas é que serão utilizados os registros do Bolsa Família e do Cadastro Único.

O que deve acontecer com o Bolsa Família?

O programa atual deverá ser encerrado assim que o Auxílio Brasil entrar em vigor.

Deixe um comentário