Bolsonaro tem quadro estável, mas não há previsão de alta

O presidente Jair Bolsonaro encerrou suas férias no litoral de Santa Catarina e deu entrada no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (3), com quadro de obstrução intestinal. De acordo com boletim médico divulgado pelo hospital, Bolsonaro “está estável, em tratamento e será reavaliado ao longo desta manhã pela equipe do Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo”. “No momento, sem previsão de alta”, diz o comunicado.

Na manhã desta segunda-feira, Bolsonaro publicou no Twitter um post sobre a internação. Segundo o presidente, ele começou a passar mal após o almoço no último domingo (2). Bolsonaro disse ainda que exames serão feitos para que os médicos avaliem se será necessária uma cirurgia na região abdominal.

Macedo, médico que operou o presidente após a facada na campanha eleitoral de 2018, estava nas Bahamas já está retornando a São Paulo para acompanhar o caso. “Ele fará tomografia e mais exames para sabermos o que há no abdômen. Ainda não sabemos, mas pode ser causado, por exemplo, por um alimento mal mastigado, entre outros fatores”, disse o médico ao portal UOL.

Bolsonaro já ficou quatro dias internado no Vila Nova Star em julho de 2021 devido a uma obstrução intestinal, mas não houve necessidade de cirurgia naquela ocasião. O mandatário foi submetido a quatro operações desde a facada de 2018, a última delas em setembro de 2019.

O presidente passou sua folga de fim de ano em São Francisco do Sul, no litoral catarinense, e foi criticado por não ter interrompido o recesso em função das chuvas que mataram pelo menos 25 pessoas na Bahia. (ANSA).

Deixe um comentário