Benefícios sociais que você pode ter direito e não sabe

Por Luana
Compartilhe
Benefícios sociais que você pode ter direito e não sabe

Os benefícios sociais do governo federal objetivam auxiliar a população que está em situação de vulnerabilidade econômica. Por isso, separamos 5 benefícios sociais que você pode ter direito, mas talvez não saiba.

Para acessar a maior parte dos benefícios dos governos federal, estadual e municipal, é importante ter o registro do CadÚnico atualizado, pois ele é a porta de entrada para garantir alguns benefícios.

Auxílio Gás

Esse benefício oferece, a cada dois meses, o valor de R$ 52, que representa 50% da média nacional do preço de botijão de gás de 13kg. O pagamento já começou a ser liberado e, para acessar o benefício, é preciso ter inscrição no Cadastro Único.

Auxílio Brasil

Para ter direito ao Auxílio Brasil, também é necessário ter inscrição no CadÚnico. Hoje, são 17,5 milhões de pessoas que têm acesso ao “novo” Bolsa Família.

Após liberação da parcela, os beneficiários têm até 120 dias para retirar o dinheiro em espécie. Confira o calendário de pagamento para este ano.

Benefício de Prestação Continuada (BPC)

Esse benefício garante o pagamento de um salário mínimo mensal para as pessoas com deficiência (PcDs), de qualquer idade, além de pessoas idosas, acima de 65 anos, que se encontrem em situação de vulnerabilidade social.

Para receber o BPC, é preciso comprovar alguns requisitos, como:


  • Nacionalidade brasileira (nato ou naturalizado) ou ter nacionalidade portuguesa, desde que tenha residência fixa no Brasil;
  • Renda inferior a 1/4 do salário mínimo por pessoa na família.

Abono PIS/Pasep

O PIS/Pasep é destinado aos profissionais que trabalharam, de carteira assinada, no ano-base de 2020. Tem direito ao benefício quem estiver incluído nos seguintes critérios:

  • Inscrição ativa no PIS ou no Pasep há mais de cinco anos;
  • Deve receber até, no máximo, dois salários mínimos no ano-base;
  • Ter atuado por, pelo menos, 30 dias com carteira assinada no ano de referência;
  • Inscrição ativa na RAIS.

Auxílio emergencial de até R$ 3 mil

O governo federal liberou R$ 4,1 bilhões para pagamento do auxílio emergencial para pais solteiros chefes de família. O pagamento pode variar de R$ 600 até R$ 3 mil, dependendo de quando cada um desses beneficiários começou a receber as parcelas no ano de 2020.

Veja mais notícias como esta em Economia

Você sabia que o Alto Tietê Online está no Facebook, Instagram, Telegram, Whatsapp  e no Google News? Siga-nos por lá.

Deixe seu comentário