Idosa de 82 anos, estudante da EJA de Ferraz de Vasconcelos busca realizar sonho de ser alfabetizada

Por Luana
Compartilhe
Idosa de 82 anos, estudante da EJA de Ferraz de Vasconcelos busca realizar sonho de ser alfabetizada

Idosa trabalha durante o dia, frequenta a escola durante a noite e é exemplo para os colegas.

De acordo com o IBGE, cerca de 11 milhões de brasileiros são analfabetos, 6,6% da população com 15 anos ou mais. Quem ainda não foi alfabetizado enfrenta desafios no cotidiano.

Entretanto, Maria José Gomes, moradora de Ferraz de Vasconcelos soma esforços para, enfim, aprender a ler e a escrever.

“Era um sonho. Eu queria aprender. Já fiz até promessa. Eu peço, me agarro com os santos, pois sou católica, para abrir minha mente para aprender”, explica.

Nascida em Pernambuco, Maria, de 82 anos, se mudou para São Paulo aos 15 anos de idade. Posteriormente, se estabeleceu no Alto Tietê.

A idosa trabalha todos os dias em sua loja de roupas. Depois que ficou viúva, há dez anos, a idosa resolveu abrir um comércio para não ficar parada. “Eu já quis fechar aqui, mas eu me pergunto: ‘E se eu fechar aqui? Vou ficar aonde?’ Na cama”, conta.

Ela permanece na loja até o final da tarde. Com o fim do expediente, ao invés de ir para casa descansar, ela tem mais um compromisso.


“Eu tomo banho e, quando é 18h50 vou para a escola. Eu gosto de ir. É aquela horinha que eu sou outra pessoa. Eu fico mais alegre, converso mais”, conta.

A estudante é querida pelos funcionários da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Ruy Coelho, em Ferraz de Vasconcelos.

Maria divide as aulas com outros colegas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que, ao todo, somam cerca de 120 adultos.

A professora Patrícia Rodrigues conta que se sente contente em lecionar para os alunos da EJA. “É muito prazeroso. A EJA tem um diferencial, pois eles vem realmente para estudar e para aprender”, afirma.

Maria estuda na modalidade de ensino há três anos. Com o passar do tempo, a aluna passou a ter mais autonomia e segurança nos estudos. “Eu fico realizada. Não estou em cima de uma cama, não estou doente, eu viajo, eu saio sozinha. Quer dizer que é uma coisa boa. Estudo e estou aprendendo”.

Vanderlei Luciano Garcia, diretor da escola, também elogia a participação da aluna na unidade de ensino.

“Ela é um exemplo para nós. Às vezes, temos dificuldade no dia a dia, mas paramos, refletimos um pouquinho e vemos o exemplo de vida que é a dona Maria. Quando ela vem com aquele sorriso, com o jeito dela, com aquela alegria. Sabemos das dificuldades, mas ela é um exemplo para nós. Um exemplo de vida”, explica.


A professora também elogia a participação da estudante e destaca a influência que Maria tem na vida escolar de outros alunos da EJA. “Realmente ela vem todos os dias, ela é assídua e acho que isso também incentiva muito outros alunos. É uma força muito grande. Ela é um exemplo pra escola inteira”.

Maria é um exemplo de força, coragem e dedicação. Ela é determinada para que o sonho de ser alfabetizada se torne realidade.

Veja mais notícias como esta em Ferraz de Vasconcelos

Você sabia que o Alto Tietê Online está no Facebook, Instagram, Telegram, Whatsapp  e no Google News? Siga-nos por lá.

Deixe seu comentário

Imagem ilustrativa
Ferraz de Vasconcelos

Ferraz recebe Circuito Sesc de Artes

O mês de agosto será marcado por um grande evento cultural em nosso município: o Circuito Sesc de Artes. A cidade será tomada por muita