Faixas colocadas em ruas ameaçam com cacete quem empinar motos em Guarulhos

Em Guarulhos, mais precisamente no Jardim Cumbica, uma faixa chama a atenção de quem passa pela rua Segundo Tenente Renato Ometi. “Proibido tirar de giro e chamar no grau. Sujeito a cacete. Não aceitamos isso na comunidade”. Segundo reportagem publicada pela Folha de S.Paulo, a autoria do aviso seria da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

O objetivo seria proibir que motociclista empinem seus veículos perto das comunidades, que têm a proteção da facção, como forma de garantir a ordem e não perturbar as pessoas que vivem nas redondezas. “Tirar de giro” é a manobra em que a moto faz um som de explosão do escapamento, similar ao disparo de armas de fogo. Já “chamar no grau” seria tirar do chão a roda da frente, o famoso empinar, como forma do motociclista se exibir.

Circula nas redes, inclusive, um vídeo de 48 segundos em que um motociclista de Osasco informa aos colegas sobre a importância de se respeitar as faixas, que estão espalhadas em muitos bairros da periferia da capital e cidades da região metropolitana, como esta flagrada no Jardim Cumbica. No vídeo, o rapaz se redime de ter contrariado a ordem e acaba sendo espancado para dar o exemplo.

Segundo a reportagem da Folha de S.Paulo, a Polícia Civil investiga quem são os autores dessas faixas e que várias delas já teriam sido retiradas.

Fonte: Guarulhosweb

Deixe um comentário