Logotipo do Alto Tietê Online

Minha Casa Minha vida: Veja como fazer inscrição ainda este ano

  • Postado 8 meses atrás
  • Atualizado em 2 de novembro de 2023

Por: Luana Angelis

Após o anúncio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o programa Minha Casa Minha Vida, que visava facilitar a aquisição de moradias populares e conjuntos habitacionais, foi retomado com novidades e atualizações significativas em 2023.

Guia de Inscrição no Programa Minha Casa Minha Vida em 2023

Faixas de Renda Atualizadas:

  • Faixa 1 (Urbana): Renda bruta familiar mensal até R$ 2.640
  • Faixa 1 (Rural): Renda bruta familiar anual até R$ 31.680
  • Faixa 2 (Urbana): Renda bruta familiar mensal de R$ 2.640,01 a R$ 4.400
  • Faixa 2 (Rural): Renda bruta familiar anual de R$ 52.800,01 a R$ 96.000
  • Faixa 3 (Urbana): Renda bruta familiar mensal de R$ 4.400,01 a R$ 8.000
  • Faixa 3 (Rural): Renda bruta familiar anual de R$ 52.800,01 a R$ 96.000

Valores dos Imóveis:

  • Área Urbana:
    • Faixa 1 (subsídio): Até R$ 170 mil
    • Faixas 1 e 2 (financiado): Até R$ 264 mil
    • Faixa 3 (financiado): Até R$ 350 mil
  • Área Rural:
    • Novos imóveis: Até R$ 75 mil
    • Reforma de imóvel: Até R$ 40 mil

Requisitos para Inscrição:

  1. Não possuir casa ou financiamento em seu nome.
  2. Enquadrar-se na renda exigida para a respectiva faixa.
  3. Não ser beneficiário de outros programas habitacionais governamentais.
  4. Comprovar renda (carteira de trabalho, holerite, carnê do INSS, extratos bancários, declaração do Imposto de Renda para autônomos).

Documentos Necessários:

  • Comprovante de renda
  • Documento de identificação
  • Comprovante de residência

Como Fazer a Inscrição:

  1. Prefeitura Local: Para unidades habitacionais subsidiadas da Faixa 1.
  2. Entidade Organizadora (EO): Para unidades subsidiadas da Faixa 1 desenvolvidas por entidades sem fins lucrativos.
  3. Instituições Financeiras (Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil): Para unidades habitacionais financiadas (Faixas de renda 1, 2 e 3).

Passo a Passo:

  1. Determine a Faixa de Renda: Avalie sua renda para identificar em qual faixa você se encaixa.
  2. Prepare os Documentos: Certifique-se de ter todos os documentos necessários em mãos.
  3. Escolha a Modalidade de Inscrição: Decida se você se inscreverá via Prefeitura, Entidade Organizadora ou Instituição Financeira, com base na unidade habitacional de seu interesse.
  4. Realize a Inscrição: Siga o processo de inscrição conforme a modalidade escolhida.

Observações Importantes:

  • As inscrições e processos podem variar um pouco entre municípios e instituições.
  • Mantenha-se informado sobre prazos e requisitos específicos através dos canais oficiais de comunicação das entidades responsáveis pelo programa em sua localidade.

Este programa é uma oportunidade significativa para famílias de baixa renda adquirirem sua casa própria, e é importante estar atento às regras e requisitos atualizados para aproveitar essa chance.

Leia mais

Não perca mais tempo! Seja o primeiro a ficar por dentro de tudo o que acontece na região, Junte-se ao nosso grupo exclusivo e tenha as últimas notícias do Alto Tietê Online na palma de sua mão!

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Siga o Alto Tiete Online agora mesmo no Google Notícias! fique por dentro dos acontecimentos mais importantes do Alto Tietê e Região, do Brasil e do mundo.

© 2018-2024 Alto Tietê Online – Criado por Zingg