Atendente é vítima de importunação sexual em ônibus de Mogi das Cruzes; suspeito foi preso em flagrante

Atendente é vítima de importunação sexual em ônibus de Mogi das Cruzes; suspeito foi preso em flagrante.

Uma atendente, de 41 anos, foi vítima de importunação sexual na noite desta quarta-feira (29) em um ônibus de Mogi das Cruzes. O suspeito é um garçom, de 25 anos, que foi preso em flagrante após ser detido pelo motorista e um passageiro.

A vítima contou à polícia que estava no ônibus, que atende o distrito de Taiaçupeba, quando o suspeito entrou. A vítima contou que ele passou a mão nos seios dela e, em seguida, começou a tirar a própria roupa. A atendente gritou e foi socorrida pelo motorista.

Com a ajuda de um passageiro, o condutor deteve o garçom. O caso gerou revolta entre os outros ocupantes do coletivo, que chamaram a Polícia Militar. Os agentes estiveram no local e encaminharam a vítima, o suspeito e testemunhas para a Central de Polícia Judiciária.

O garçom foi preso em flagrante. Segundo o boletim de ocorrência, ele não quis falar em depoimento e não apresentou advogado. A vítima relatou que não ficou ferida durante a ação e o caso foi registrado como importunação sexual consumada.

Em nota, a Prefeitura de Mogi das Cruzes , responsável pela gestão do sistema de transporte coletivo, informou que repudia veementemente todo tipo de atitude criminosa como esta e disse que permanece à disposição, por meio dos equipamentos de Saúde e Assistência Social, para dar apoio a qualquer vítima deste tipo de crime.

Deixe um comentário