Materiais coletados serão destinados ao Fundo Social de Solidariedade de Mogi das Cruzes, que converte doações de tampinhas em compra de ração, em ajuda aos protetores de animais do município.

O Clube de Campo de Mogi das Cruzes (CCMC) aderiu à Campanha Ciclos, que tem como foco a conscientização ambiental, beneficiando a causa animal e também instituições e projetos sociais. Em parceria com o Fundo Social de Solidariedade do município, o complexo esportivo e de lazer começou a arrecadar tampinhas de garrafas pet. 

Para isso, a equipe de manutenção do clube disponibilizou uma caixa de acrílico para reaproveitar os materiais que seriam jogados fora. A doação pode ser feita por todos os associados. O ponto de coleta fica no Departamento de Aprendizagem Desportivo Infantil (Dadi). 

A incentivadora do projeto, Karin Camargo, lembrou que o Dadi foi escolhido pela mobilização e influência das crianças no ambiente familiar. “A campanha Ciclos atua de forma social e ambiental. Nossa ideia é atuar, principalmente, com as crianças, tendo em vista que elas se engajam e disseminam a consciência ambiental. A iniciativa é ótima para quem doa e, também, para quem recebe as tampinhas solidárias, uma vez que o Fundo Social destina esses recursos para a compra de rações aos protetores independentes de animais do município”, afirmou Karin. 

A Campanha Ciclos trabalha com três tipos de materiais, que são arrecadados e convertidos em ajuda às causas ambiental, social e animal: tampas plásticas, lacres de latas de alumínio e embalagens cartonadas (Tetra Pak). As tampas plásticas são convertidas em ração, que é doada para protetores de cães e gatos da cidade. Já os lacres de alumínio e embalagens cartonadas são encaminhados pelo Fundo Social diretamente para instituições e associações, para ajudá-los com a geração de recursos. 

Além do ponto de coleta no CCMC, as entregas de arrecadações também podem ser feitas na sede do Fundo Social do município, no primeiro andar do prédio-sede da prefeitura.