Em Mogi: Volta às aulas presenciais é marcada pela falta de professores na rede municipal 

Por Luana
Compartilhe
Em Mogi: Volta às aulas presenciais é marcada pela falta de professores na rede municipal 

De acordo com a Secretaria de Educação, profissionais que estão atuando em outros setores serão remanejados para o retorno das aulas na segunda-feira (7).

O retorno presencial à sala de aula da rede municipal de ensino de Mogi das Cruzes ocorreu nesta sexta-feira (4). Entretanto, pais de alunos entraram em contato com o Diário TV para relatar que alguns alunos ficaram sem aula por conta da falta de professores.

De acordo com o secretário de Educação do município, André Stábile, professores que estão atuando em outros setores serão remanejados para que as aulas retornem de forma presencial na segunda-feira (7).

A psicóloga Franciane Carlos Mendes conta que houve uma reunião na escola do filho dela e foi informado que não há professores na rede municipal para dar aulas.

“Então, quem é do ensino fundamental do primeiro ao quinto ano não tem professor. Na escola do meu filho, ela foi extremamente prejudicada, porque as crianças do período da manhã e da tarde não têm professores pra dar aula. O que foi informado é o seguinte, que ontem a prefeitura começou fazer a convocação dos professores concursados, só que até eles entregarem a documentação, fazer exame médico, levaria um tempo, então eles não tem um prazo de quando vai ser o retorno das aulas presenciais e foi descartada a possibilidade de ensino remoto”, conta.

O secretário de Educação de Mogi André Stábile explica que a falta de professores é uma defasagem histórica e com as aposentadorias e licenças médicas, o número de servidores foi diminuindo na cidade.

“Ano passado nós tentamos fazer a contratação emergencial, porém sob a vigência da lei federal complementar 173 não era possível que a gente completasse os cargos. Então, eu quero reconhecer esse problema e ao mesmo tempo informar que estamos tomando todas as providências para que nenhuma criança deixe de ser atendida de maneira presencial. A gente está remanejando vários profissionais e professores que estão em setores administrativos para atender as crianças na segunda-feira. Hoje mesmo nós já publicamos que vamos chamar profissionais que estão admitidos no processo seletivo simplificado e se for preciso vamos correr atrás de chamar mais professores”, pontua.


Entretanto, ainda segundo o secretário, a solução definitiva ocorrerá entre o final de fevereiro e começo de março. “Nós temos um concurso público que está pendente de homologação, a solução definitiva virá até o mês de março quando todos os quadros de todas as escolas estarão completos”, pontua.

Veja mais notícias como esta em Ensino e Educação, Mogi das Cruzes

Você sabia que o Alto Tietê Online está no Facebook, Instagram, Telegram, Whatsapp  e no Google News? Siga-nos por lá.

Deixe seu comentário